Revista GGN

Assine
imagem de J.Roberto Militão

CONTEÚDOS DO USUÁRIO

Postagens

Colégio de Presidentes da OAB - 2017: um retrato do Brasil machista e racista!, por J.Roberto Militão

Colégio de Presidentes da OAB - 2017: um retrato do Brasil machista e racista!

por J.Roberto Militão

PRESIDENTES DA OAB reunidos: retrato de um Brasil machista e racista.

No eterno combate ao racismo e ao machismo institucional - na foto nenhuma mulher nenhum preto/pardo - não canso de apontar essa doença endêmica de nossas estruturas institucionais.

O ministério do governo federal - nenhuma mulher nenhum afro-brasileiro - no secretariado do governo dos principais estados do Brasil: idem, idem.

Leia mais »

Média: 4.1 (14 votos)

ÓDIO RACIAL: EUA x Brasil obra dos serviços de inteligência norte-americana, por J. Roberto Militão

ÓDIO RACIAL: EUA x Brasil obra dos serviços de inteligência norte-americana

por J. Roberto Militão

LEIS RACIAIS no BRASIL>> objetivos norte-americanos.

Os estudos atuais e os fatos noticiados da tensão racial nos EUA, precisam ser conhecidos e avaliadas pelos que lutamos contra o racismo. O racismo é perverso e conforme a nossa constituição deve sempre ser repudiado. Tanto de brancos quanto de pretos.

O racialismo estatal - leis de segregação de direitos em ´cotas raciais´ - produz racialistas brancos e pretos.

Leia mais »

Média: 3.6 (17 votos)

ÓDIO RACIAL: EUA x Brasil obra dos serviços de inteligência norte-americana

LEIS RACIAIS no BRASIL>> objetivos norte-americanos.

Os estudos atuais e os fatos noticiados da tensão racial nos EUA, precisam ser conhecidos e avaliadas pelos que lutamos contra o racismo. O racismo é perverso e conforme a nossa constituição deve sempre ser repudiado. Tanto de brancos quanto de pretos.

O racialismo estatal - leis de segregação de direitos em ´cotas raciais´ - produz racialistas brancos e pretos. Leia mais »

Sem votos

COTAS RACIAIS: Fundação Ford e as políticas públicas de segregação por direitos raciais

Prezados

Sei que muitos colegas comentaristas pertencem à respeitável categoria dos bem-intencionados defensores de ´cotas raciais´ no Brasil e eu, na condição de afro-descendente e ativista contra o racismo, um radical contrário a esse tipo de políticas públicas baseada na segregação de direitos raciais.

Porém, de boas intenções o inferno está cheio, diz a sabedoria popular. Vejamos aqui o papel da Fundação Ford nas políticas públicas com segregação de direitos em bases raciais. Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Violência do tráfico x violência policial, por J. Roberto Militão

LEGALIZAÇÃO DO USO DE DROGAS: violência do tráfico x violência policial

por J. Roberto Militão

VIOLÊNCIA DO TRÁFICO X VIOLÊNCIA POLICIAL

- uma guerra entre iguais. Sem fim.

Meu filho JoãoPedro Barbosa F. Militão publicou isso no Facebook....  Acabei entrando no assunto!

( MEU COMENTÁRIO)

O Brasil precisa enfrentar suas crises. Uma delas, que afeta aos mais pobres, no cotidiano é a violência do tráfico x a violência policial.

PRECISAMOS estabelecer um armistício - uma proposta de paz - quem morre e quem mata são brasileiros iguais. Os Delegado Orlando Zaccone sintetiza isso de forma magistral: a elite corrupta e corruptora quer mais sangue! De quem??? Nosso...

Leia mais »

Média: 4.5 (4 votos)

Cotas Raciais e a mesquinharia do STF, por J. Roberto Militão

Foto Agência Brasil

Cotas Raciais e a mesquinharia do STF

por J. Roberto Militão

TSE e STF e os julgamentos a ´la carte´

Além da vergonhosa deliberação do TSE que violou o dever de zelar pela legitimidade e espontaneidade da vontade eleitoral dos brasileiros que não pode ser violado nem induzido pelo uso abusivo do poder econômico e do poder político conforme sucedeu nas eleições presidenciais de 2014, na mesma data a legitimação constitucional das leis de COTAS RACIAIS é outra perversão dos direitos individuais que está sendo violado, agora pela Suprema Corte, a quem compete zelar pela integralidade da mens constitutiva – ou seja o sentimento nacional constituinte.

Concomitante com o ´julgamento´ do TSE também o Supremo Tribunal Federal, cometeu mais uma de suas deliberações mesquinhas. Também por unanimidade decidiu favorável às leis de ´cotas raciais´ em concursos públicos. Já havia decidido por unanimidade as leis de cotas raciais para ingresso nas universidades.

Leia mais »

Média: 1.9 (20 votos)

STF e a mesquinharia das ´COTAS RACIAIS´

TSE e STF e os julgamentos a ´la carte´

Além da vergonhosa deliberação do TSE que violou o dever de zelar pela legitimidade e espontaneidade da vontade eleitoral dos brasileiros que não pode ser violado pelo uso abusivo do poder econômico e do poder político conforme sucedeu nas eleições presidenciais de 2014, na mesma data a legitimação constitucional das leis de COTAS RACIAIS é outra perversão dos direitos individuais que está sendo violado, agora pela Suprema Corte, a quem compete zelar pela integralidade da mens constitutiva – ou seja o sentimento nacional constituinte.

Concomitante com o ´julgamento´ do TSE também o Supremo Tribunal Federal, cometeu mais uma de suas deliberações mesquinhas. Também por unanimidade decidiu favorável às leis de ´cotas raciais´ em concursos públicos. Já havia decidido por unanimidade as leis de cotas raciais para ingresso nas universidades. Leia mais »

Sem votos

2018 - MARINA SILVA: um GOVERNO DE ´SALVAÇÃO NACIONAL´

 

Há exatos três anos - em 21/04/2014 - escrevi e defendi dentro do PSB antes das convenções de 2014 - publicado aqui no GGN - http://jornalggn.com.br/fora-pauta/psb-por-um-governo-de-salvacao-nacional -  o que considerava a proposta de um ´sonho´ de governo de transição, sob a única liderança capaz de juntar num mesmo projeto político o que havia de melhor no PT - PSDB e a parte boa do PMDB com MARINA SILVA candidata pelo PSB sob a coordenação do saudoso ex-governador Eduardo Campos. Defendi isso dentro do PSB e infelizmente não se realizou. Leia mais »

Sem votos

Racismo Institucional: alegação em audiência não configura a calúnia ao Juiz e Promotor

 
Enviado por J. Roberto Militão
 
do Migalhas

Advogado é absolvido da acusação de calúnia contra juíza e promotor

A 7ª câmara de Direito Criminal do TJ/SP absolveu advogado – José Roberto F. Militão - do crime de calúnia contra funcionário público no exercício da função, em julgamento ocorrido na última quarta-feira, 24.

O causídico foi condenado em 1º grau à pena de 9 meses e 10 dias de detenção, em regime aberto, e pagamento de 26 dias-multa, substituída a pena privativa de liberdade por uma restritiva de direitos, consistente em prestação pecuniária, no valor de 10 salários mínimos.

Racismo institucional

A condenação veio na esteira de suposta intenção do apelante em imputar diretamente à pessoa da magistrada e do promotor de Justiça o crime de racismo.

Leia mais »
Média: 4.5 (8 votos)

Racismo Institucional X Tribunal de Justiça, por J. Roberto Militão

Imagem Geledés

Racismo Institucional X Tribunal de Justiça

por J. Roberto Militão

OS BENEFICIÁRIOS DO RACISMO E MACHISMO INSTITUCIONAL IRÃO JULGAR!

Em São Paulo, o racismo e o machismo institucional excluem 70% da população. Por isso restante 30% de homens brancos são os beneficiários e ocupam 95% dos cargos, empregos e oportunidades de maior status. No estado, em que 51% são mulheres e 37% são pretos e pardos, no Tribunal de Justiça, 95% dos Desembargadores são homens brancos que representam 30% da população.

Essa será a segunda vez que sustento tal denúncia perante o Tribunal de Justiça. Na primeira, em 2004, numa exceção de verdade contra um Juiz, diante da Corte Especial (25 desembargadores mais antigos do TJ), todos os cultos velhinhos eram homens brancos, Não enfrentaram o mérito, declarando a prescrição da punibilidade do delito então apontado.

Leia mais »

Média: 5 (6 votos)

Tribunal de Justiça x Racismo Institucional

TRIBUNAL DE JUSTIÇA x RACISMO INSTITUCIONAL

- Fazendo história: até quando o estado brasileiro continuará praticando o raciscmo institucional - tratando com desigualdade a pretos e pardos - inaugurado no Brasil, pela lei de Marquez do Pombal, o ´Directório do Índio´ de 1.755, aquela que em seu art. 10, pela primeira vez designou os pretos oriundos da Costa D´África como ´negros´ - uma r´raça´inferior - destinada à escravidão. A expressão ´negro´ é uma designação - aviltante, infamante e degradante - conforme diz a lei pombalina e ficava proibida de ser empregada para designar os índios, até então ´negros da terra´.

Prezados,

Estarei amanhã 24/05, às 13 hs, na 7a Câmara Criminal do TJ/SP,  fazendo a sustentação oral de uma denúncia de interesse público e da luta contra o racismo no Brasil, perante o Egrégio Tribunal de Justiça - em razão da reiterada manifestação do RACISMO INSTITUCIONAL no Poder Judiciário e demais instituições estatais. Leia mais »

Sem votos

STF e Juiz algum tem direito a legislar: aborto é crime diz o Código Penal e CF/88

STF não tem direito a legislar. ABORTO É CRIME!

Não se trata de uma questão de fé religiosa. Trata-se da maior conquista da humanidade, sobretudo, através do iluminismo, que consagrou os direitos naturais do ser humano. O direito à vida é o mais elementar deles. Sem a vida não há nenhum outro direito. Neste post tratamos da decisão judicial do Supremo Tribunal, que, violando a constituição está legislando sob tema não autorizado pela sociedade. A discriminalização do aborto provocado.

Um exemplo, absurdo, porém factível: uma jovem mulher fica grávida de um filho de um multimilionário que já tem dois filhos. Para não ter um terceiro herdeiro dividindo a herança, o homem ou algum de seus filhos paga 1 milhão por um aborto. E se a gestante tem o poder de decisão a vida do nascituro deixa de estar sob a proteção da sociedade. Isso é justo? Pode a sociedade facultar tal hipótese?

Creiam isso acontece na vida real! E a sociedade não pode ser omissa. Muitos defensores do aborto se escondem no argumento que basta a descriminalização do aborto. Com isso o ato passaria a ser uma questão de foro íntimo. Porém, a sociedade não entende assim. Leia mais »

Sem votos

´Por minha mulher, minha filha, meu filho, por meu neto..."

Quem são estes ´representantes do povo´ que desejam cassar 54 milhões de votos populares? 

De fato que desde a fraude eleitoral de 2014, em que a Presidente Dilma, induzida pelo marqueteiro dos milhões de dólares que pagará com alguns anos de cadeia o mal que fez à nação que, para desconstruir a candidatura MARINA e a proposta do PSB de um governo de coalizão fez a campanha mais mesquinha que um partido de esquerda poderia fazer, com isso, ela perdeu as condições de credibilidade para a governabilidade.

 

Depois daquela campanha eleitoral, que inviabilizou a interlocução com a parte saudável da política brasileira, somente restava ao PT para governar confiar no que há de pior do PMDB, de Michel Temer, em Kassab, Jucá, Renan, Barbalho, Maluf, nos evangélicos, na bancada ruralista de Kátia Abreu e na maioria fisiológica, era uma aventura que, como se vê, destinada ao fracasso.

  Leia mais »

Sem votos

Obama em Cuba: o sonho de um mundo pós-racial e pos-império

 
Por J. Roberto Militão

Este artigo foi publicado em 17-11-2008 no portal Afropress

A sua reprodução em 21-03-2016, se dá em razão da visita a CUBA do Presidente OBAMA dos EUA. Apesar dos sombrios tempos em que vivemos, com a ameaça de golpes contra nossa jovem democracia, continuo tendo esperança de novos tempos.

OBAMA, com sua visita a Cuba, a primeira de um Presidente dos EUA, após 88 anos, representa importante passo neste caminho.

Eis o texto original: 17/11/2008

no Afropress

Obama e o sonho do mundo pós-racial

"No coração de uma laranja dormitam sementes de um laranjal".    (Hermógenes, o filósofo)

José Roberto F. Militão, 17/11/2008, by Afropress

A convite da Afropress venho tecer aqui as razões de minha profissão de fé no advento de uma era "pós-racial" anunciada pela trajetória, campanha, mensagens e eleição de Barack Obama à Presidência dos EUA.

Diante de tantas manifestações saudando Obama, o faço mesclando esperança e sonho. O sonho tem por fulcro as palavras do derrotado Senador McCain saudando a eleição de Obama, parafraseou Ortega y Gasset e pregou a união e apoio de todos americanos ao presidente eleito dizendo: "a nossa geração tem o dever de entregar a nossos filhos um mundo melhor".

O faço na condição de ativista contra o racismo e por direitos humanos.

O faço trazendo na memória um já lendário congresso nacional de negros pela constituinte, em 1986, em Brasília, vi nestes anos, o movimento negro atuado para a alteração das relações humanas no Brasil, especialmente visando combater o racismo através da destruição da crença em "raças" a fim da consolidação no povo do conceito universal da única espécie humana visando à entrega a nossos filhos de um mundo melhor e livre da praga do racismo.

Leia mais »
Média: 2.1 (7 votos)

OBAMA LÁH! publicado em 18-01-2008 - ´www.afropress.com.br´

 novo

Sem votos

Fotos

Sem colaborações até o momento.

Vídeos

DEBATE: sistema legal de Combate ao Racismo na TV Câmara

           Dia 21/03, participei de um Debate na TV Câmara com Deputados e órgãos públicos, sobre o sistema legal de combate ao racismo. Debatedores Dep. Domingos Dutra; Dep. Luiz Alberto; Carlos Alberto Júnior (SEPPIR) e NELSON INOCÊNCIO (UnB). Pela internet o advogado José Roberto Militão.

 o vídeo aqui:  http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/tv/materias/EXPRESSAO-NACIONAL/...

Milton Santos, não apoiava ´cotas raciais´

       Prezados,

       Neste depoimento, um dos últimos do saudoso professor MILTON SANTOS ele nos legou a mais sincera análise a respeito de políticas públicas raciais, dizendo que estava ´assustado´ com a tendência 'da busca do caminho mais fácil´, ou seja, em vez da luta pela inclusão de todos os afro-brasileiros para o exercício pleno da cidadania, o viés de ´cotas´ se destinava a criar uma pequena elite na burguesia, tal como fez os EUA.

        São apenas 7 minutos que valem por um tratado a respeito da realidade atual ("a relativa tolerância no Brasil é uma vantagem, algo virtuoso, que não podemos abrir mão)" em contraste com a segregação de direitos que produzirá, nas futuras gerações, o conflito racial que não temos.

        Tais políticas raciais, com algumas cotas setoriais, beneficiará pequena parcela da elite,  talvez 1% quem sabe 2%, mas não vai alterar a situação de 98/99% dos afro-brasileiros.

http://www.youtube.com/watch?v=xp9_fPuYHXc Leia mais »

Documentos

COTAS RACIAIS - o projeto prejudica pretos e brancos pobres

             PLC 180/2008 - o engodo e mesquinharia para a produção da ´raça estatal´.


             Prezados defensores de cotas raciais ou das cotas sociais.


             O senado da república, sob a presidência do Senador SARNEY, agenda a aprovação do PLC 180 na primeira semana de agosto, numa das sessões de ´esforço concentrado´, quando por acordo de lideranças, portanto sem debates, sem votos das bancadas e sem comprometimento de ninguém, se aprovam os entulhos retidos nas demandas parlamentares. Leia mais »

O repúdio ao mito da ´três raças´

 

SERGIO BUARQUE DE HOLANDA e o repúdio ao mito das três raças: Leia mais »

Segregação de direitos raciais/cotas raciais

 

Prezados, Leia mais »

Se preto é ´cor´, a raça é ´negra´?

 

              O combate ao racismo nos exige o repúdio à idéia do pertencimento racial.  Leia mais »

HAMILTON CARDOSO: ´Carta Aberta´ a NELSON MANDELA (1991)

                 Hoje, 18/07/2001:

                Feliz aniversário e longa vida ao velho Mandinga Dr. NELSON MANDELA. Leia mais »

UM AFRO-AMERICANO CONTRA ´COTAS RACIAIS´

      CARTA ABERTA a MAURÍCIO PESTANA, Presidente do Conselho Editorial da Revista ´Raça Brasil´ a respeito dos debates de ´cotas raciais´ e leis raciais de segregação de direitos.

      São Paulo, 8 de março de 2011.        

  Leia mais »

Militão, 1988: fechamento do STAND da África do Sul

 

         - Membros do Conselho da Comunidade Negra do governo de São Paulo, exigem o fechamento do STAND do governo racista da África do Sul, na ´Feira da Bondade´, no Parque Anhembi em São Paulo.

Áudio

Sem colaborações até o momento.