Revista GGN

Assine

RS

Governo do RS é acusado de afrontar “violentamente” Legislativo

Deputado estadual foi preso durante reintegração de posse promovida pelo governador do RS, Ivo Sartori

Deputado Jeferson Fernandes foi detido diante do prédio da Ocupação Lanceiros Negros | Foto: Guilherme Santos/Sul21
Foto: Guilherme Santos/Sul21

Jornal GGN - A detenção do deputado do estado do Rio Grande do Sul, Jeferson Fernandes (PT), durante uma ação de reintegração de posse realizada pelo governo de Ivo Sartori, retirando a força cerca de 70 famílias da ocupação Lanceiros Negros, na noite de quarta-feira (14), revoltou o presidente da Assembleia Legislativa do RS, deputado Edegar Pretto (PT). Para o parlamentar, a condução impositiva foi um "violentamente afrontado" contra a própria Assembleia Legislativa. As informações são do Sul21.

A reintegração foi realizada por volta das 19h, enquanto ocorria uma audiência pública no plenarinho da Assembleia Legislativa para se chegar a um acordo sobre a ocupação, dessa forma Pretto acusa o Sartori de desrespeitar o poder Legislativo.

As famílias ocupavam um prédio localizado no centro de Porto Alegre tomado pelo governo do Estado que, em 2015, entrou com um pedido de integração. Na segunda-feira (12) a juíza Aline Santos Guaranha da 7a. Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre determinou o despejo em caráter de urgência. No processo de desocupação, a tropa de choque da Brigada Militar usou gás lacrimogêneo, spray de pimenta e bombas de efeito moral para conseguir desmobilizar a resistência dos moradores e ativistas que se recusavam a deixar do local.
Leia mais »

Média: 3.8 (4 votos)

Réu, Padilha é acusado de receber milhões de universidade do RS

Resultado de imagem para eliseu padilha investigado
 
Jornal GGN - O ministro da Casa Civil de Michel Temer, Eliseu Padilha, é alvo de investigação na Justiça Federal do Rio Grande do Sul por pagamentos milionários de uma universidade privada. Padilha é réu, acusado de obter benefícios junto à Universidade Luterana do Brasil, quando era deputado federal.
 
O atual ministro teria recebido R$ 3,9 milhões (que equivalem a R$ 7 milhões hoje) da instituição por meio de duas de suas empresas, a Rubi e Fonte, sem a prestação dos serviços de consultoria.
Média: 5 (5 votos)

Passagem de Temer pelo RS é marcada por protesto e gafe do "cruzeiro"

Jornal GGN - O presidente Michel Temer esteve no Rio Grande do Sul na segunda-feira (9), ocasião em que chamou o real de cruzeiro e foi alvo de protesto organizado por professores que discordam do corte de investimentos em educação promovido pela Presidência e pelo governo José Ivo Sartori (PMDB).

Leia mais »

Média: 3.2 (5 votos)

Deputado defensor da Escola Sem Partido entrega panfleto político nas escolas

Jornal GGN - O deputado estadual Marcel Van Hattem (PP), do Rio Grande do Sul, resolveu distribuir folhetos políticos referentes ao seu mandato em uma escola de Três Cachoeiras. O ato foi questioinado em reportagem do Estadão por falta de coerência. Afinal, o parlamentar é um ferrenho defensor do projeto Escola Sem Partido.

Leia mais »

Média: 1.9 (9 votos)

Tarso Genro lidera em RS no primeiro turno, aponta Datafolha

Jornal GGN - Pesquisa Datafolha apontou, no Rio Grande do Sul, a liderança do governador Tarso Genro, do PT, no primeiro turno. Em seguida aparece a senadora Ana Amélia Lemos, do PP. No segundo turno, no entanto, as posições se invertem e Ana Amélia lidera no limite da margem de erro, de três pontos percentuais. Na semana passada, a pesquisa indicava empate entre os dois. Leia matéria do Valor.

do Valor

Datafolha RS: Tarso Genro agora lidera no primeiro turno

Sandra Hahn

PORTO ALEGRE  -  Pesquisa Datafolha divulgada nesta quinta-feira colocou o governador Tarso Genro (PT) em vantagem em relação à senadora Ana Amélia Lemos (PP) no primeiro turno da disputa pelo governo gaúcho. Em simulação de segundo turno, as posições se invertem com liderança de Ana Amélia no limite da margem de erro, de três pontos percentuais para mais ou para menos.

Leia mais »
Média: 5 (6 votos)

Site denuncia Ana Amélia, do PP do RS, por declaração de bens incompleta

Jornal GGN – O blog Sociedade Política divulgou na última sexta-feira que Ana Amélia Lemos (PP) candidata ao governo do Rio Grande do Sul omitira uma fazenda de 1,9 mil hectares da declaração de bens à justiça eleitoral. A fazenda em questão está situada no estado de Goiás. O Tribunal Regional Eleitoral foi acionado pela campanha de Ana Amélia, para que o site fosse retirado do ar.

Não foi o que aconteceu. O site, com todo o histórico do negócio feito por Ana Amélia e seu marido continuam no ar. O jornal O Globo evidencia a permanência do site no ar, mas detalha o caso, a compra, espólio e omissão na declaração eleitoral. Bem como a avaliação de especialistas sobre o caso.

O advogado Fabrício Maia, um dos administradores do blog, questiona a omissão na declaração de Ana Amélia. Para ele, a situação fiscal da candidata não interessa, ela que se resolva com o Fisco, mas com relação à lei eleitoral ele entende que não há desculpa, “a fazenda deveria ter sido declarada”.

Acompanhe a matéria do jornal O Globo.

A senadora Ana Amélia (PP-RS) - Ailton de Freitas / O Globo

Leia mais »

Média: 5 (3 votos)

Eleita por seus próprios méritos

Sugestão de anarquista sério

Sensacional!!!  Fantástico!! Incrível!!!

Vereadora que só teve o próprio voto assumiu

Nem o marido votou nela.

do UOL /  Blog do Josias

Vereadora que só teve o próprio voto assumiu

Josias de Souza
 


Um candidato a mandato eletivo, como se sabe, é sempre um pretensioso que faz merchandising do próprio umbigo. Diz coisas definitivas sem definir as coisas, para que o eleitor possa distinguir o lamentável do impensável, optando pelo menos pior. Na pequena cidade gaúcha de Coronel Pilar, que abriga 1,7 mil habitantes, sucedeu algo diferente.

Mulher do presidente do PTB municipal, Veridiana Bassotto Pasini, 39 anos, foi registrada como postulante a uma cadeira de vereadora. O repórter Rodrigo Chernhak conta que ela virou candidata apenas para preencher a cota de candidaturas femininas que a legislação obriga o partido a apresentar. Veridiana não fez campanha. Abertas as urnas, obteve apenas um voto —o voto que deu a si mesma. Nem o marido, Luiz Carlos Pasini, votou nela.

Leia mais »

Média: 2.6 (8 votos)

Aposentado recria experiência europeia de minicarro elétrico

Por Amigo do Povo

Só usei a cabeça, disse o inventor

 

Uma visita à Itália em 2009 levou um aposentado do Rio Grande do Sul a iniciar neste ano uma batalha para emplacar no país um modelo artesanal de minicarro elétrico. Criador do JAD, João Alfredo Dresch, 68 anos, peregrina desde janeiro em busca de empresas interessadas no projeto. Ele garante que o modelo tem 5 CV de potência, roda a até 70 km/h, não polui, é silencioso, tem menos de 2 metros de largura e dispensa o uso de combustível. Além disso, o gasto por quilômetro rodado é estimando em cerca de R$ 0,10
 
Sem formação de ensino superior, mas com um vasto currículo obtido em uma fábrica de fermento na Região do Vale do Taquari, o inventor diz ser movido pela curiosidade.
 
"Só usei a cabeça. Acho que isso falta neste ramo. Fui à Itália e vi esses carros pela rua. Voltei decidido a fazer algo parecido", detalha.

  Leia mais »

Imagens

Média: 5 (3 votos)

Deputado incita violência contra índios, quilombolas, gays e lésbicas


 

Mobilização Nacional Indígena – Blog da Apib

DEPUTADO DIZ QUE QUILOMBOLAS, ÍNDIOS E HOMOSSEXUAIS SÃO “TUDO O QUE NÃO PRESTA” E INCITA VIOLÊNCIA

Um vídeo gravado em audiência pública com produtores rurais, em Vicente Dutra (RS), registra discursos de deputados da bancada ruralista estimulando que agricultores usem de segurança armada para expulsar indígenas do que consideram ser suas terras.


“Nós, os parlamentares, não vamos incitar a guerra, mas lhes digo: se fartem de guerreiros e não deixem um vigarista desses dar um passo na sua propriedade. Nenhum! Nenhum! Usem todo o tipo de rede. Todo mundo tem telefone. Liguem um para o outro imediatamente. Reúnam verdadeiras multidões e expulsem do jeito que for necessário”, diz o deputado Alceu Moreira (PMDB-RS). “A própria baderna, a desordem, a guerra é melhor do que a injustiça”, defende.

Leia mais »

Média: 3 (4 votos)

Líder Guarani é encontrado morto no Rio Grande do Sul

Jornal GGN - O líder político e religioso Guarani Mbya, Inácio Lopes, foi encontrado morto  na terça-feira (8) boiando na Lagoa dos Patos, próximo a uma ilha onde vivem algumas famílias da etnia, no município de Palmares do Sul (RS). As causas da morte ainda são desconhecidas, e o corpo foi levado para o IML (Instituto Médico Legal) de Porto Alegre. Leia mais »

Sem votos

:: Arruda, há, controvérsias! ::

Segundo o dito popular, a arruda serve para tirar o mau olhado das pessoas invejosas. Porém é necessário ter muito cuidado pois é uma planta TÓXICA. É venenosa e abortiva. Contra-indicada para gestantes, lactantes, hemorragias, cólica menstrual e sensibilidade na pele. Tudo isso e (uma de Lula) eu não sabia.

:: Para mim, perdeu a qualidade! ::

Li um jornal semanário e fiquei surpreso com a falta de compromisso do colunista que escreve sua opinião em um jornal local, matéria totalmente tendenciosa, publicou inverdades, e coisas que o valham. Minha surpresa é porque conhecia a pessoa superficialmente, claro, e até achava que era um “cara legal”, me enganei. 


Não adianta dizer que “não foi eu quem disse, fala com o fulano”, porque quem escreve e forma opinião, tem a obrigação de buscar informações completas sobre aquilo que se escreve. Para mim, perdeu a qualidade!.

:: Manifestos, Acorda Viamão! ::

Viamão, agora está no mapa, até manifesto já fez. Mas para que era mesmo o manifesto? ha, lembrei, era para diminuir a passagem e lutar pela licitação. Isto era o que estavam dizendo os manifestantes, “apartidários” e a grande maioria de Viamão que participou acreditou. Mas na verdade, assim que o prefeito os recebeu para iniciar o diálogo, solicitou que o movimento indicasse um representante titular e um suplente, para integrar o grupo de trabalho, que irá fazer o levantamento e o estudo do cálculo tarifário, o que aconteceu? Leia mais »

:: A notícia não vai até o povo! ::

Leio uns oito jornais diferentes por semana, de nossa cidade, isto porque estou diariamente aqui no centro, caso contrário, ficaria apenas com os jornais que vem da capital, ou com as matérias da internet.  Pelo que vejo, todos os jornais de Viamão, circulam só no centro, são direcionados para um público específico, e com certeza não é para o povo da vila, porque onde moro tem pessoas que sequer sabem da existência deles. Nas vilas está o povão a grande massa, mas jornal não chega aqui não, verdade!

Mais três marcas de leite proibidas no RS

 

Depois que o Ministério Público do Estado proibiu a venda de leite das marcas Latvida, Um-um e Italac, enquanto as investigações sobre adulteração do produto por parte de transportadores, o Governo do Rio Grande do Sul acrescentou à lista as marcas Goolac, Hollman e Só Milk. Enquanto isso prosseguem as investigações. A matéria é da Agência Brasil.

 

Governo do RS proíbe a venda de mais três marcas de leite

Luciene Cruz

Repórter da Agência Brasil

Brasília – O governo do Rio Grande do Sul (RS) proibiu hoje (10) a venda de mais três marcas de leite. São elas: Goolac, Hollmann e Só Milk, fabricadas pela VRS Indústria de Laticínios, mesma empresa do leite Latvida, que também está proibido. Leia mais »

Sem votos