Revista GGN

Assine

PT

"Tudo que eles fizeram contra nós foi parir o Bolsonaro", diz Lula

Foto: Mídia Ninja

 
Jornal GGN - O ex-presidente Lula disse, em evento com juristas no Rio de Janeiro, que a esquerda precisa "juntar" os casos e se unir na eleição de 2018, para rivalizar contra os adversários políticos que ajudaram a viabilizar a extrema-direta, hoje espelhada na figura de Jair Bolsonaro. "Tudo que eles fizeram no país contra nós foi parir o Bolsonaro", disparou Lula.
Média: 4.2 (10 votos)

IstoÉ será processada por "ofensas rasteiras" à Gleisi Hoffmann, diz PT

Jornal GGN - A direção do PT informou na noite de sexta (11) que a revista IstoÉ será processada por reportagem de capa em que acusa Gleisi Hofmann, presidente nacional da legenda, de "perder totalmente a noção de democracia" por defender a autonomia da Venezuela, além de usar inquéritos da Lava Jato para taxar a senadora de corrupta.

Em nota à imprensa, o PT avaliou que IstoÉ fez "ofensas rasteiras" e baseou-se em um inquérito da Polícia Federal, que aponta corrupção nas eleições de 2008, 2010 e 2014, "sem provas".

Leia mais »

Média: 4.1 (9 votos)

Haddad fala sobre Lula, eleições 2018 e futuro do PT


Foto: Divulgação
 
Jornal GGN - O ex-prefeito da capital paulista, ex-ministro da Educação e uma das lideranças do PT em São Paulo, Fernando Haddad, participou de entrevista ao vivo do Jornal TV JC, abordando o futuro do Partido dos Trabalhadores, as articulações e composições para a disputa eleitoral de 2018 e as acusações que recaem hoje contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.
 
Acompanhe:
 
 
Média: 2.7 (7 votos)

Procurador diz que delação da JBS contra Dilma e Lula é "incomprovável"

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN - Em entrevista ao UOL, o procurador Ivan Cláudio Marx, que cuida do inquérito contra Lula e Dilma por causa da delação de Joesley Batista, da JBS, praticamente deu 3 motivos para o caso ser encerrado.
 
Em troca de imunidade penal, Joesley afirmou à Procuradoria da República que mantinha no exterior duas contas criadas ao longo dos governos Lula e Dilma, onde chegou a acumular 150 milhões de dólares.
Média: 4.3 (6 votos)

Mesmo absolvido, Tribunal decide que Vaccari permanece preso


Foto: Divulgação/TRF4
 
Jornal GGN - O ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores (PT), João Vaccari Neto, permanecerá preso. Foi o que decidiu o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre, nesta quarta-feira (09).
 
Os três desembargadores da 8ª Turma concordaram com o relator das revisões da Lava Jato na segunda instância, João Gebran Neto, que negou um pedido de habeas corpus por liminar.  Leandro Paulsen e Victor Luiz dos Santos Laus seguiram o relator.
 
O TRF-4 absolveu o ex-tesoureiro da condenação por Moro, em 2015, a 15 anos e 4 meses de prisão por suposta corrupção passiva e lavagem de dinheiro nas investigações da Operação Lava Jato. Entretanto, outras condenações ainda o mantêm na prisão.
Média: 2.5 (13 votos)

Lula sairá em caravana da Bahia até o Maranhão

Jornal GGN -  O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sairá em caravana pelo Nordeste a partir do dia 17 de agosto. Este roteiro da caravana é a primeira parte do projeto que deve correr todas as regiões do país nos próximos meses.

Lula Pelo Brasil é um projeto do Partido dos Trabalhadores que tem por objetivo ver e viver a realidade brasileira, com foco nas transformações que o Brasil alcançou  nos governos do partido e o que adveio com o desmonte dos programas e políticas públicas de desenvolvimento e inclusão social que o governo alcança via golpe operou nos últimos dois anos.

A iniciativa é uma participação entre o PT e a Fundação Perseu Abramo, que lançou recentemente o Programa Brasil em Movimento, com objetivo de construção de uma estratégia para o futuro do país.

Leia mais »

Média: 3.7 (9 votos)

PF diz que Gleisi e Paulo Bernardo cometeram crime de corrupção passiva

Foto: Agência Brasil

Da Agência Brasil

A Polícia Federal (PF) informou, em nota, que a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR); seu marido, o ex-ministro Paulo Bernardo (PT-PR), e mais três pessoas cometeram crime de corrupção passiva qualificada e lavagem de dinheiro qualificada após concluirem um inquérito no Supremo Tribunal Federal instaurado para apurar crimes praticados na campanha eleitoral para o Senado em 2014. Gleisi, Paulo Bernardo e mais duas pessoas também são acusadas de crime eleitoral.

Leia mais »

Média: 2.2 (11 votos)

Agnaldo Timóteo vai se filiar ao PT para defender Lula da perseguição de Moro

Foto: Divulgação
 
 
Jornal GGN - O canto Agnaldo Timóteo confirmou que vai se filiar ao PT para fazer parte do "exército" de Lula. Ex-vereador, ele disse que o petista é alvo de perseguição do juiz Sergio Moro, da Lava Jato em Curitiba.
 
"Eu quero ir para o PT como soldado do Lula. Eu não sou PT, eu sou Lula Futebol Clube", disse, segundo relatos de O Globo.
 
Agnaldo ainda disse que se Lula for candidato a presidente da República no ano que vem, ele quer disputar a deputado federal por São Paulo ou Minas.

Leia mais »

Média: 3.2 (12 votos)

O golpe contra Dilma na visão do PT seria o de Maduro na Venezuela


Foto: Fernando Bizerra/Efe
 
Jornal GGN - A classificação de golpe que o governo de Nicolás Maduro tenta impor contra a oposição, com as reações de partidos e de parte da população com a estratégia de instalar uma Assembleia Constituinte na Venezuela, não é apenas retórica, como também inverte aos opositores o que, na verdade, os governistas vem articulando. 
 
Aqui, no Brasil, o Congresso iniciava o que se chamou de golpe parlamentar, quando tornava inválidas as eleições de 2014, que seguindo o sistema democrático de votação deu vitória à Dilma Rousseff. De forma similar, a Venezuela poderá violar a escolha da maioria da população, ao destituir do poder, por meio de uma Assembleia Constituinte, os parlamentares eleitos.
 
"Quando o voto direto não levou ao resultado esperado, uma parte da classe política inventou um novo pleito. E porque a Constituição não atendia às suas necessidades, esmiuçaram a Constituição. É possível contestar o impeachment brasileiro e ao mesmo tempo denunciar a Constituinte venezuelana", analisou o cientista político Mathias Alencatro, em coluna.
Média: 2.4 (24 votos)

"Aécio vai ser o Cunha do governo Temer", diz Marcelo Nobre

Foto: Agência Brasil
 
 
Jornal GGN - Inviabilizado pela Lava Jato, principalmente após o escândalo da JBS, Aécio Neves virou o principal operador do governo Michel Temer. A rejeição da denúncia contra o presidente na Câmara é só o resultado das articulações do grupo liderado pelo tucano para formar um novo centrão, que dará sustentação a Temer até o final de seu mandato. Em troca, esses políticos conseguirão recursos do governo que serão vitais para a disputa eleitoral de 2018, preenchendo a lacuna deixada pelo financiamento empresarial.
Média: 3.2 (5 votos)

Nassif: FHC, PSDB, PT e o combate ao centralismo brasiliense

No artigo “Convicção e Esperança” (https://goo.gl/sGRuQg), no Estadão e em O Globo, Fernando Henrique Cardoso demonstra uma insuspeitada saudade de um partido que ele ajudou a enterrar: o PSDB socialdemocrata, substituído por um PSDB radicalmente mercadista e, depois, radicalmente à direita.

Era o PSDB de Mário Covas que, embora não fosse um pensador, pela atuação de centro-esquerda no velho MDB e, especialmente, na Constituinte, inspirava ideias e projetos socialdemocratas.

No velho PSDB, quem melhor representava esse espírito eram os economistas da FGV-SP, Luiz Carlos Bresser Pereira e Yoshiaki Nakano, os irmãos Mendonça de Barros. E a grande cabeça política, o José Dirceu do PSDB, era Sérgio Motta, um furacão generoso e solidário, que ajudava a empurrar o lado inercial de Fernando Henrique e José Serra.

Leia mais »

Média: 4.6 (25 votos)

2018 será uma eleição de oposição, por Alberto Carlos Almeida

2018 será uma eleição de oposição 

por Alberto Carlos Almeida

do Instituto Análise, via Facebook

Todo o cenário para 2018 está se configurando de uma maneira favorável para o PT, seja o candidato Lula ou não;

- O PMDB e o PSDB estão juntos em um governo mal avaliado. Ainda que a popularidade melhore, dificilmente o Governo Temer alcançará um patamar de avaliação que torne a eleição uma eleição de governo;

- Há quase 14 milhões de desempregados;

- Isto tende a diminuir, mas não o suficiente para gerar um situação de bem-estar;

- Os serviços públicos se deterioraram como resultado da crise fiscal;

Leia mais »
Média: 2.6 (5 votos)

"Não vá o sapateiro além do sapato": o retrato dos ataques de Gilmar à Lava Jato

Foto: Lula Marques
 
 
Jornal GGN - Para defender alvos como Aécio Neves e Michel Temer dos "abusos" da Lava Jato, o Gilmar Mendes de hoje não fica nem corado ao contradizer o Gilmar Mendes do governo Dilma Rousseff.
 
Quando a tempestade perfeita para o impeachment estava em formação, Gilmar batia palmas para esses que agora chama de loucos e clamava por mais respostas duras aos corruptos ligados ao PT. Agora, o ministro da Suprema Corte não só critica como convoca os pares à imposição de limites ao Ministério Público de Rodrigo Janot.  
 
Durante uma das sessões no Supremo Tribunal Federal dessa semana, Gilmar incitou a Corte a fazer um mea culpa em relação à Lava Jato. "Nós somos os responsáveis. Se esses abusos são perpetrados, foi porque nós deixamos que isso ocorresse. É de nossa alta responsabilidade dizer 'chega, basta'. Não vá o sapateiro além do sapato", disse, defendendo a odediência às leis.
Média: 5 (9 votos)

Temer mostrou que é profissional em "administrar a cizânia", por Maria Cristina Fernandes

Foto: Lula Marques
 
 
Jornal GGN - Michel Temer soube como tirar proveito da divisão das instituições e da classe política para enterrar a denúncia por corrupção passiva, feita a reboque da delação da JBS. Em artigo no Valor, nesta quinta (3), day after da votação, Maria Cristina Fernandes mostra que Temer administrou a discórdia em vários campos e, onde havia divisão que não interessava ao governo, tratou de criar uma aparente unidade. É o caso dos órgãos de transparência que podiam aumentar o combustível da Lava Jato cobrando um recall de várias empreiteiras. Nada disso saiu do papel.
 
Enquanto isso, Temer ajudou a implodir a Lava Jato aos poucos reforçando as desavenças entre o Ministério Público e a Polícia Federal. Também contou com as divisões internas no PT e PSDB para ver a denúncia enterrada na Câmara.
 
"É essa capacidade do presidente da República de administrar a cizânia das instituições de controle em seu benefício e de seus aliados que atrai parlamentares alvejados como Aécio Neves", pontuou Fernandes. "(...) todos permanecem abrigados à sombra do Planalto enquanto autoridades econômicas, sob o aplauso dos camarotes e a inércia da arquibancada, fingirem desconhecer o cofre arrombado. Temer sobrevive como o presidente que pairou sobre as cizânias e inscreveu as pedaladas fiscais na história como um crime de amadores."
Leia mais »
Média: 3.7 (7 votos)

Dilma: "O que a gente vai ver amanhã é se o Planalto comprou os deputados"

Jornal GGN - Em entrevista a Fernando Morais, do Nocaute, a presidente deposta Dilma Rousseff disse que o que a Câmara deve mostrar amanhã, durante a votação da denúncia contra Michel Temer a reboque das delações da JBS, é se o Planalto teve sucesso na compra dos parlamentares.

"Nós vamos ver se o Planalato conseguiu ou não comprar número suficiente de deputados e se conseguiu com isso barrar a denúncia do procurador. Eu não controlo isso e nem me interessa saber o controle (desses números). Mas acho que o povo tem que saber que existe isso", disse a ex-presidente.

Leia mais »

Média: 5 (3 votos)