Revista GGN

Assine

Governo do RS é acusado de afrontar “violentamente” Legislativo

Deputado estadual foi preso durante reintegração de posse promovida pelo governador do RS, Ivo Sartori

Deputado Jeferson Fernandes foi detido diante do prédio da Ocupação Lanceiros Negros | Foto: Guilherme Santos/Sul21
Foto: Guilherme Santos/Sul21

Jornal GGN - A detenção do deputado do estado do Rio Grande do Sul, Jeferson Fernandes (PT), durante uma ação de reintegração de posse realizada pelo governo de Ivo Sartori, retirando a força cerca de 70 famílias da ocupação Lanceiros Negros, na noite de quarta-feira (14), revoltou o presidente da Assembleia Legislativa do RS, deputado Edegar Pretto (PT). Para o parlamentar, a condução impositiva foi um "violentamente afrontado" contra a própria Assembleia Legislativa. As informações são do Sul21.

A reintegração foi realizada por volta das 19h, enquanto ocorria uma audiência pública no plenarinho da Assembleia Legislativa para se chegar a um acordo sobre a ocupação, dessa forma Pretto acusa o Sartori de desrespeitar o poder Legislativo.

As famílias ocupavam um prédio localizado no centro de Porto Alegre tomado pelo governo do Estado que, em 2015, entrou com um pedido de integração. Na segunda-feira (12) a juíza Aline Santos Guaranha da 7a. Vara da Fazenda Pública de Porto Alegre determinou o despejo em caráter de urgência. No processo de desocupação, a tropa de choque da Brigada Militar usou gás lacrimogêneo, spray de pimenta e bombas de efeito moral para conseguir desmobilizar a resistência dos moradores e ativistas que se recusavam a deixar do local.

 
 
 
O presidente da Assembleia Legislativa (AL-RS), deputado Edegar Pretto (PT), afirmou que o parlamento gaúcho foi “violentamente afrontado” com a detenção do deputado Jeferson Fernandes (PT) durante a ação de reintegração de posse do prédio da ocupação Lanceiros Negros, levado a cabo pela Brigada Militar na noite desta quarta-feira (14). Entre 100 e 150 pessoas estavam no edifício, localizado na esquina das ruas General Câmara e Andrade Neves, ocupado em novembro de 2015 após anos de abandono pelo governo do Estado, seu proprietário.
 
Jeferson Fernandes foi detido diante do prédio quando tentava negociar com a Brigada Militar logo após um oficial de justiça comunicar os moradores da ordem de reintegração de posse. Além dele, pelo menos outras oito pessoas foram presas.
 
Pretto disse que foi informado da prisão de Jeferson quando estava participando de um evento na Assembleia Legislativa. Ele então se dirigiu ao Palácio da Polícia para esperar a chegada do colega, sendo informado que Jeferson tinha sido liberado diante do Theatro São Pedro. Momentos depois, Jeferson chegou ao Palácio da Polícia para registrar um boletim de ocorrência e fazer exame de corpo de delito.
 
“Na nossa opinião, a Assembleia Legislativa está sendo violentamente afrontada neste momento, uma vez que um membro do Parlamento, que é presidente da Comissão de Direitos Humanos, foi preso mesmo se identificando como parlamentar e como alguém que estava ali realizando um trabalho pela comissão de DH. Foi preso, algemado, colocaram ele deitado no chão, mesmo sabendo que era um parlamentar. Agrediram com cassetetes e atiraram spray de pimenta no rosto. Foi ferido fisicamente, machucado, mesmo os agentes do Estado que estavam ali sabendo que se tratava de um parlamentar”, disse Pretto, que acompanha o deputado Jeferson no Palácio da Polícia, por telefone ao Sul21.
 
@DepJeferson faz exame de corpo de delito no Palácio da Polícia após agressões e prisão junto com moradores da ocupação Lanceiros Negros. pic.twitter.com/3g8SZKlFhd
 
— Dep. Edegar Pretto (@EdegarPretto) June 15, 2017
 
Pretto também questionou a realização da operação de reintegração de posse durante a noite e disse que a Assembleia irá interrogar o governo do Estado sobre a ação. “Queremos saber quem se responsabiliza”.
 
Ele ainda disse que tentou entrar em contato com o governador José Ivo Sartori (PMDB), mas não obteve retorno. Ele conversou apenas com o líder do governo, Gabriel Souza (PMDB), e com o secretário de Segurança, Cezar Schirmer (PMDB), sobre a ação, mas disse que não tratou da questão política. “É um assunto para ser tratado de chefe de poder para chefe de poder”, afirmou.
Média: 3.8 (4 votos)
15 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

Ação planejada

Vejo as ações violentas em vários estados comandados por governos do PMDB e PSDB como ação coordenada rumo a chegarem a um estado definitivo de desrespeito às liberdades públicas, tudo no âmbito das ações da SGI, comandada por aquele malfadado general convocado por Temer. Devemos denunciar estes desmando todo dia, até em fóruns internacionais.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Jorge Moraes
Jorge Moraes

Propriedade

Seja por convergência entre as demandas golpistas, seja por uma ação mais "orgânica" entre governos dos partidos de sustentação de Temer - como defende o comentarista, em ótima análise - o desnivelamento com o estado anterior de coisas (refiro-me aos governos Lula e Dilma) é flagrante demais para ser despercebido. 

 

Seu voto: Nenhum

Comentário infeliz do Alex Alex

Criticando a desocupação do predio em Porto Alegre o cidadão mencionado lembrou que Hitler era mais nacionalista e solidário que a Brigada Militar. Eu faria um comentário mais leve e menos estúpido. Tarso Genro governou o RS no periodo 2011/2014. Saiu e até hoje recebe pensão de ex-governador no valor aproximado de R$ 35 mil reais. De Jan/2015 a 06/2017 são 30 meses (30 x 35 = R$ 1.050.000,00). Fora os 13ºs, rs. Ele que deve ser bem mais solidário que Hitler poderia talvez estar disposto a devolver essa benesse ilícita e imoral para construção de moradias mesmo precárias para seus conterrâneos desfavorecidos.

Seu voto: Nenhum (14 votos)
imagem de Alex Alex
Alex Alex

Comentário

Eu reagi a um comentário! Agora, não entendi o que a aposentadoria do Tarso tem com isto!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

O que tem o Tarso ...

Não entendi a sua comparação. O que tem a sua opinião do ex-governador continuar recebendo salários após deixar de ser presidente com o Hitler ?

A lei permite que ex-dirigentes ganhem salários - é lei !

Acho uma sacanagem com o povão que ganha suado e discutido salário mínimo, anualmente  ferrehamente discutido para não lesionar a economia de forma irrecuperável, por abjetos economistas e deputados, senadores, governadores, todos com mordômias vis e mis. Mas, o que tem o hitler com isso ?

Sou eu e você e os demais brasileiros que somos marias- vão-com-as- outras que adoramos assistir Faustão e CBN ? Boechato como formadores de opinião e que nos incitam a dar aval para eles reclamarem- ao sabor dos seus patrões midiáticos- em nosso nome.

Vamos reclamar do Hitler, de Judas escariotes, de Satanás..........viva o Faustão 1

Seu voto: Nenhum (1 voto)

MRE

Interpretação deficiente

Nada a ver o Tarso com o Hitler. Tens problema de cognição, interpretação, etc. Nem vou responder. Mas a naturalidade  com que encaras o salario de ex-governador (e concorda com uma lei feita por FDPs) já é problema mental, de alguma disfunção cerebral, de falta de parafuso na cabeça, de falta de discernimento e hipocrisia elevada à enésima potência.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Alex Alex
Alex Alex

interpretação! Ler antes de criticar!

Tu sim, és estupido e tens problema de cognição! Reclamou que eu fiz comentário sobre Hitler em um texto relacionado a prefeitura de PoA. Eu estava apenas reagindo a um comentário que mencionou Hitler.

E ainda conseguiu colocar a aposentadoria do Tarso Genro no assunto! Com certeza tu és um lobotomizado da RBS . Além do mais, fica ofendendo o pessoal do blog desnecessariamente. 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Alex Alex........vc takunada

Estupido é a puta que o pariu. Larga de ser mané. Falou merda. Tava reagindo a porra nenhuma. Num momento etílico falou o que falou. E eu te expus ao ridículo. A ligação Tarso /Hitler foi só pra levantar uma outra questão que fanáticos do PT não admitem. São lenientes com os podres do Partido.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Alex Alex
Alex Alex

Infeliz

Infeliz é o bonobo que acha que o problema do pais é o salário dos politicos e os gastos públicos!  Vamos mexer nos juros da divida pública? Quem sabe tirando o dinheiro da vagabundagem agiota, acabe sobrando mais, até para (apesar de eu achar que não precisa) remunerar bem ex governadores, prefeitos etc. Afinal eles são eleitos pelo povo!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Que falta faz uma educação decente

Tenho pena de pessoas como vc. É esse eleitorado que fode o BRASIL. Burrice. O adjetivo INFELIZ foi foi ao seu comentário e não a sua pessoa que não me i9nteressa nem um pouco.

Seu voto: Nenhum
imagem de Francisco Vieira
Francisco Vieira

Três poderes envolvidos: o

Três poderes envolvidos: o judiciário pisoteando no direito de famílias terem um lugar para ficar. Um  abuso o executivo realizar tal operação à noite e deixar às pessoas entregues à própria sorte. E o legislativo que deveria unanimemente solidarizar-se com as pessoas que ocupavam o prédio e com o deputado desrespeitado pela polícia. Que PMDB é esse que diz na sua propaganda eleitoral que "aqui é diferente"? Que justiça e governo são esses que jogam pessoas na rua durante à noite?

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Sempre tenho dito que Justiça

Sempre tenho dito que Justiça é um ideal de Direito a ser alcançado, portanto Justiça não joga ninguém ao léo, quem faz isso são seus aplicadores que chamam-se judiciário, que aqui no Brasil, desde a escravatura, sempre mandou o rico açoitar seus escravos como boi redumão, de preferência até a morte. Esse é a imagem de 90% do Judiciário deste país; sadismo total contra pobre, preto e sem-nadas. (bem assim com "s" mesmo).

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Roxane
Roxane

https://www.facebook.com/Depu

https://www.facebook.com/DeputadaMariaDoRosario/videos/1548523645222643/

 

Vídeo da Maria do Rosario, na midia Ninja. E ela diz que o ''governador'' está na serra. Deve estar governando o ponto de uma boa picanha. E qto ao terror a que foram submetidas crianças onterm a noite: ''não vem ao caso''.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de maria rodrigues
maria rodrigues

São as instituições

São as instituições brasileiras em pleno nã-funcionamento, como se o Brasil tivesse virado casa de Mãe Joana.

Tudo a ver pelo fato do deputado ser petista. Fosse tucano a coisa era bem diferente. 

Que se repercuta o fato até se chegar à grande verdade: de que nossas polícias estão sendo comandadas com um viés fascista de dar inveja a Hitler.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Alex Alex
Alex Alex

Hahahah! Hitler era

Hahahah! Hitler era nacionaista e defendia, mesmo que de forma duvidosa, seu povo! Esta gente ai é filho de chocadeira! Não tem nenhum respeito ou noção! Macacos!

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.