Revista GGN

Assine

Fora de Pauta

O espaço para os temas livres e variados.

Média: 5 (1 voto)
1 comentário

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Emanuel Cancella
Emanuel Cancella

Lula

Corrigindo: Não foi a PF, mas a Civil  que, movida por um boato, invadiu a casa do filho de Lula!

 

O vídeo desta matéria pode ser visto em: https://www.youtube.com/watch?v=Hr6WTfyP0Vw

 

                                                                           Resultado de imagem para voce acreditou que o filho de lula é dono da friboi?

Esse fato é da maior gravidade, pois assim todos nós estaremos vulneráveis a esse tipo de arbitrariedade.

Aprendi com um saudoso, humilde e honrado brasileiro, o senhor Pedro Pinheiro, com quem trabalhei na gráfica Manchete e morador da comunidade do IAPC, de Irajá, no Rio, onde fui criado.  

Pedro tinha uma revolta muito grande contra a polícia que, na época da ditadura, invadia a qualquer momento sua casa, à procura de seu filho, Valdir, que era usuário de droga.    

Essa briga, o ilustre brasileiro, ex-governador do Rio Grande do Sul e do Rio de Janeiro, Leonel de Moura Brizola, comprou e enquadrou a polícia do Rio, para que passasse a usar os mesmos critérios para entrar na casa do morador de Ipanema, zona nobre do Rio, e na comunidade pobre.

E Brizola, por isso, foi acusado de vínculo com o tráfico por uma elite cretina que acha que o pobre é lixo.

Não podemos deixar passar em branco pois se  a policia invade, dessa forma, a casa do filho do ex-presidente, imagine a nossa!

Quem autorizou essa violência? Foi o governador ladrão de merenda, do propinoduto do metrô superfaturado de São Paulo? E quem são esses policiais, o juiz e delegado aloprado?

Se por um boato fazem essa invasão, por outro lado, estamos num país, no qual, mesmo sem concordar ,assistimos ao engavetamento das investigações acerca do avião cheio de cocaína, nas fazendas dos ministros Blairo Maggio e Aloysio Nunes, ambos ministros do governo golpista de Michel Temer. (3,4).   

Neste nosso país, invadem a Rocinha atrás de traficantes, mas paralisam a investigação da conexão do aeroporto de Cláudio, com o helicoca. O aeroporto de Cláudio foi construído pelo então governador de Minas Gerais, Aécio Neves, em terras de sua família, mas com dinheiro público (2).

Esses aloprados, policiais, delegado e juiz, têm que sofrer uma punição exemplar para que o lar de nenhum brasileiro seja invadido por boato e sem uma decisão judicial. Ditadura, nunca mais!

Brizola, Darcy Ribeiro e Lula foram e são os líderes que mais defenderam nossas liberdades, soberania e democracia.

E vem de Darcy Ribeiro, meu tranquilizante tarja preta:

“ Fracassei em tudo o que tentei na vida.
Tentei alfabetizar as crianças brasileiras, não consegui. 
Tentei salvar os índios, não consegui. 
Tentei fazer uma universidade séria e fracassei. 
Tentei fazer o Brasil desenvolver-se autonomamente e fracassei. 
Mas os fracassos são minhas vitórias. 
Eu detestaria estar no lugar de quem me venceu”.

 

Fonte: 1 - http://www.diariodocentrodomundo.com.br/busca-da-policia-na-casa-do-filho-de-lula-mostra-por-que-o-trafico-em-sao-paulo-so-aumenta-por-joaquim-de-carvalho/

2 - http://www.contextolivre.com.br/2014/08/sera-que-existe-conexao-entre-helicoca.html

3 - https://www.cartacapital.com.br/blogs/parlatorio/aviao-com-cocaina-nao-decolou-da-fazenda-de-blairo-maggi-diz-pf

4 - http://www.diariodocentrodomundo.com.br/por-que-o-caso-de-apreensao-de-drogas-na-fazenda-de-aloysio-morreu-em-tempo-recorde-por-kiko-nogueira/

Rio de Janeiro, 13 de outubro de 2017. 

Autor: Emanuel Cancella, OAB/RJ 75.300, ex-presidente do Sindipetro-RJ, fundador e ex diretor do Comando Nacional dos Petroleiros, da FUP e fundador e coordenador da FNP , ex-diretor Sindical e Nacional do Dieese, sendo também autor do livro “A Outra Face de Sérgio Moro” que pode ser adquirido em: http://emanuelcancella.blogspot.com.br/2017/07/a-outra-face-de-sergio-moro-pontos-de.html.

OBS.: Artigo enviado para possível publicação para o Globo, JB, o Dia, Folha, Estadão, Veja, Época entre outros órgãos de comunicação.

(Esse relato pode ser reproduzido livremente)

Meus endereços eletrônicos:
http://emanuelcancella.blogspot.com.
https://www.facebook.com/emanuelcancella.cancella

 

 

 

 

 

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Jackson da Viola
Jackson da Viola

Verissimo

Sobre quase tudo que vem acontecendo no Brasil, principalmente. Verissimo e suas Ver!ssimas são a mais elegante tradução de um país que está perdendo a elegância e o bom humor.

ANTECEDENTES
A corrupção é muito antiga no Brasil. As contas que o Cabral trocou com os índios já não fechavam.

BRASIL
No Brasil o fundo do poço é apenas uma etapa.

CLASSES
O Brasil é formado por uma classe dominante e uma classe ludibriada.

CONSTITUIÇÃO
Nossa Constituição é como “A Voz do Brasil”: a maioria não liga.

CORRUPTORES
Brasil, esse estranho país de corruptos sem corruptores.

DEMOCRACIA
Toda a história da democracia no Brasil é a história da educação da nossa elite na arte de não mudar nada, ou só mudar o suficiente para não perder o controle.

ELITES
O Brasil é governado por minoria esmagadora.

EXPLICAÇÕES
O político brasileiro, uma vez eleito, se sente a salvo em outro país, o Brasil oficial, que não deve nada ao Brasil de verdade, muito menos explicações.

FALCATRUAS
Nossa alma amazônica não se satisfaz com pequenas falcatruas, queremos pororocas de sujeira, dilúvios de canalhice.

GENERAIS
Há algumas décadas instituímos no país a democracia condicional. Qualquer um podia ser presidente da República, desde que tivesse quatro estrelas. O que restringia a escolha a generais e hotéis.

HIPOCRISIA
No Brasil parece não haver escolha entre ser bobo e ser cínico.

IDEOLOGIAS
É só você decidir se é de meia esquerda, um quarto de esquerda, três quartos de esquerda, direita dissimulada, direita responsável ou direita Gengis Khan, e há um partido pronto para você no Brasil.

IGUALDADE
Todo brasileiro é igual perante a lei, contanto que não seja pé de chinelo, porque aí é culpado mesmo.

IMPREVISÍVEL
O Brasil não é mais um país imprevisível. É um país tristemente previsível.

INDEPENDÊNCIA
Todos deviam ser donos do seu nariz, mas infelizmente isto não acontece. Num país como o Brasil o sonho do nariz próprio continua inalcançável para a maioria.

INTRIGA
A intriga é a única indústria de Brasília.

JEITINHO
Nós brasileiros somos, paradoxalmente, a raça do jeito pra tudo e a raça que não tem jeito mesmo.

JORNAL
Às vezes, a única coisa verdadeira num jornal é a data.

MEMÓRIA
Até hoje, ninguém que confiou na falta de memória do Brasil se arrependeu.

MUDANÇAS
As nossas elites não mudaram muito desde dom João VI. Vamos lhes dar mais um pouco de tempo.

NOTÍCIAS
Um dia é da notícia, o outro é do desmentido.

OURO
Numa hipotética modalidade de corrupção sem barreiras, o Brasil levaria o ouro, a prata e o bronze – para a Suíça.

PACIÊNCIA
No Brasil, as classes inferiores cumprem seu papel e dão às elites repetidos exemplos de bom senso, honestidade e, principalmente, contenção e paciência. Quando a paciência acaba – como na questão das invasões de terra –, não falta quem se sinta ultrajado, como se os pobres estivessem, irresponsavelmente, esquecendo as regras da etiqueta.

PARTIDOS
Houve um tempo em que três letras definiam um homem. Alguém dizia “Eu sou PTB” e você sabia com quem estava falando. “Eu sou UDN”. Você sabia com quem estava falando. E saía de perto. Hoje trocam de partido, fazem alianças estranhas… Conseguiram que as letras não signifiquem mais nada. Uns FDP.

PMDB
O partido que transformou “heterogeneidade” em palavrão.

PRIVILÉGIOS
Confundir ordem e normalidade com seus próprios privilégios é um velho hábito de qualquer casta dominante.

SALVADORES DA PÁTRIA
Do próximo que se apresentar como nosso salvador, vamos exigir prova de mãe virgem e no mínimo três milagres – em cartório!

TAXISTAS
O Brasil vai mal porque as únicas pessoas que sabem como governá-lo estão dirigindo táxis, em vez de no governo. Os motoristas de táxi  têm a solução para todos os problemas do país ou – dependendo do tamanho da corrida – do mundo. Um dia, quando estivermos na iminência do caos terminal (pode ser amanhã), uma revolução popular colocará os homens certos nos lugares certos. Os motoristas de táxi, os dentistas e os barbeiros assumirão o poder, colocarão em prática suas teorias e resolverão todos os nossos problemas.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.