Revista GGN

Assine

Bolsonaro cresce 74% na pesquisa e supera a marca histórica da extrema-direita, por Marina Lacerda

Bolsonaro cresce 74% nas intenções de voto e supera a marca histórica da extrema direita brasileira

por Marina Lacerda

As pesquisas sobre intenção de votos valem muito para se perceber os movimentos da opinião. A se considerar o último levantamento da CNT, na modalidade estimulada, Lula é ainda o grande vencedor. Isso porque, apesar da cobertura enviesada da mídia contra ele, e da cassada judicial e seletiva contra o ex-presidente e sua família, Lula cresceu 23%. É um fenômeno discutido por vários analistas, inclusive aqui no Portal GGN.

Com o avanço de Lula, Ciro caiu. Mas os grandes perdedores no movimento do eleitorado são Aécio Neves e Michel Temer. Aécio minguou em 36%, e Michel Temer 40%. O decréscimo é coerente com má avaliação do governo, que aumentou em 20% e que impacta os dois candidatos representantes do atual status quo político.

 O maior vencedor, em crescimento das intenções de voto, é Jair Bolsonaro. Seus eleitores aumentaram, em míseros quatro meses, nada menos que 74%. O deputado, defensor de medidas agressivas de segurança pública, da tortura, da ditadura militar, e protagonista das ações contra feministas e LGBTs na Câmara dos Deputados, explode. Em se considerar os votos válidos, Bolsonaro cresceu 77%. Teria, hoje, 16%. Quase o dobro do teto histórico da extrema direita brasileira em eleições nacionais – o integralista Plínio Salgado em 1955 obteve 8,3% dos válidos. Bolsonaro supera também, em termos percentuais, a votação obtida pelo General Newton Cruz nas eleições para o Governo do Rio de Janeiro em 1994. Ele, que foi chefe do Serviço Nacional de Informações durante o regime militar, resultou então com 14% dos votos válidos.

 

Bolsonaro é mais querido entre quem tem ensino superior (20,7%) do que em quem tem ensino fundamental (2,3%). Seus votos se concentram no Sudeste. Predominam os eleitores masculinos -- 16,2%, enquanto os femininos alcançam apenas 6,8%.

Os resultados refletem a polarização da sociedade, sentida por qualquer cidadão brasileiro, e já apontada em pesquisas acadêmicas, que demostram que a autoidentificação de esquerda e de direita se avolumam, enquanto o centro se esvazia. É uma situação clássica de crises e de rupturas. O aumento expressivo dos indecisos em praticamente um quarto indica que a resposta de quem ganhará a queda de braço está longe de ser conhecida.

Em especial a respeito das duas figuras cujas intenções cresceram, cabem algumas perguntas. Por exemplo: Bolsonaro está próximo do seu teto, considerando as posições extremadas que defende? Lula tem espaço para crescer, já que sofre contra si campanha jurídico-midiática massiva? Num cenário em que nem mesmo a realização de eleições no ano que vem é certa -- o Estadão falou, em sua manchete de ontem, em “eventual” eleição, tramitam propostas de parlamentarismo e circulam boatos de extensão do mandato – essas são apenas duas questões em um mar de incertezas.

Marina Lacerda é mestra em direito constitucional e doutoranda em ciência política.

 

Média: 2.7 (7 votos)
26 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".

Racista, machista, homofóbico?

"Racista"? A mulher dele é mulata. O sogro dele é o Paulo Negão. Que racista ele é. 

"Machista"? no seu casamento deixou aflorar o lado sensível, chorou em diversos momentos da cerimônia e fez declarações de amor à mulher, Michelle.
“Não vou dizer que te amo porque seria um pleonasmo, Michelle. Você é um pedaço de mim”, afirmou, romântico, Bolsonaro.

Acho que todas as mulheres deveriam sentir obrigação de defender Bolsonaro, pela PL - 5398, no mínimo. Projeto dele para punir estupradores. Projeto que as defende todos os dias, não só as mulheres, mas também os gays, e os heteros, afinal, todos nós podemos ser vítimas.

"Homofóbico"? Isso se deu ínicio por ele ser contra o "Kit Gay", uma serie de livros e DVD's de pornografia infantil que a esquerda estava querendo implantar nas escolas de ensino fundamental para crianças a partir de 6 anos de idade.

 Por ele ser contra isso, foi taxado de homofóbico. Porém existem diversas fotos e vídeos dele com gays, abraçando, sorrindo, e ele já falou em diversas entrevistas que pensa que eles tem que serem felizes. A briga dele nunca foi contra os homossexuais, e sim com o material escolar.

 O cara tem amigo gay, tem amigo negro, chamam ele de tudo porque não podem chamá-lo de corrupto.

Veja este pequeno vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=SgSOu-yFbtM&t

Seu voto: Nenhum
imagem de Joab
Joab

Pesquisem primeiro!!!

 O único que fala a verdade é o Bolsonaro, se você procurar por intrevista ou ele falando na câmara, pode ver que ele fala tudo aquilo que o povo já está farto, e não tem nenhuma acusação como corrupto,  porque você acha que a maioria dos políticos não gosta dele???

 As pessoas falam que não gosta dele mas nem se quer pesquisam a verdade, apenas falam o que escutão a esquerda já passou muito tempo no poder, e já vimos que não deu certo, então o povo vai pra outro lado (direita e não extrema direita como dizem) e ver no que dá 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Bolsonaro, uma arma de distração

Existem armas de defesa que lançam foguete de distração, para atrair o projétil inimigo e explodir este longe do alvo pretendido pelo atacante. Você lança um foguete contra o avião do PSDB e este avião lança um projétil de distração que atrai o seu míssil para não bater exatamente no alvo pretendido. Tentaram pelo lado verde e ecológico, hoje chamam ao combate de distração aos modernosos de bandeiras coloridas.

No caso, para evitar o jogo político transparente entre o entreguismo e privatizações contra a nação brasileira soberana, ou da mera meritocracia coxinha contra a justiça social, é turbinado este boneco Bolsonaro, espertamente batizado evangélico no Rio Jordan, para atrair parcelas comportamentalmente conservadoras e menos instruídas, numa discussão tangencial sobre o sexo dos anjos. Querem fazer do Brasil algo como foi feito no Rio de janeiro, com Crivella e Freixo, entre mauricinhos conservadores contra modernosos de esquerda, muito distante das verdadeiras bandeiras que hoje disputam o poder: o  Brazil contra Brasil.

Bolsonaro não passa de uma manobra de distração, para encher o congresso de evangélicos conservadores (já são mais de 90), que cairão nos braços da direita política, enquanto o verdadeiro jogo é oculto. Por isso é que a esquerda ganha no voto majoritário, mas perde no varejo. As posições são escondidas, os discursos são os mesmos, e a mídia distrai o eleitor para falsos dilemas.

Há que levantar uma só bandeira da nação autônoma e da justiça social, e parar de cuspir na cara de Bolsonaro, para não lhe outorgar gratuitamente a popularidade que hoje tem. Se em vez de brigar com ele você lhe perguntasse num debate, seriamente, sobre a sua política externa ou qualquer assunto mais serio em relação ao país, o Bolsonaro ficaria calado e sem assunto. Mas não! minorias esquerdistas modernosas, também sem priorizar os verdadeiros problemas do Brasil, adoram bater boca com este sujeito, turbinando o seu Ibope e tornando caricata a figura da esquerda, como a Globo faz magistralmente, nas suas novelas, com personagens estranhos para posar de modernosos, enquanto o povo conservador - em termos familiares, pobre e evangélico, se revolta e caminha gratuitamente para a direita.

Lula tinha todos esses votos, quando a sua bandeira era a nação e a justiça social, mas, as manobras de distração do poder global deram tão certo que milhões de votos saíram das bandeiras citadas e caíram no jogo intelectual colorido, de um conflito inoportuno e desnecessário (nesta fase do Brasil), sobre o terceiro banheiro em locais públicos. Os esquerdistas modernosos, turbinados pelo consumo, pelas novelas, pela onda global, não percebem que são manipulados para distrair o povo do verdadeiro dilema que hoje vivemos, de resgatar uma nação para o povo brasileiro. No Brasil, nos tempos atuais, embora pareça ser exagerado, acredito que a direita tupiniquim que ama o Brasil é mais necessária que uma esquerda de mesa de bar, em Paris.

Hoje é hora de lutar pela nação, mas haverá a hora de, numa nação para chamar de nossa - com um povo instruído e sem miséria, sentar num boteco e discutir Simone de Beauvoir.

Seu voto: Nenhum

Dória é um candidato muito mais perigoso do que o Mito.

Não se enganem com os balões de ensaio que a grande imprensa coloca, Dória ou qualquer um do tipo, por exemplo, é um candidato mauito mais viável para a direita do que Bolsonaro, não se iludam, alguém como Dória ou até o Roberto Justus, para ficar com o tipo Trump, são bem mais palatáveis e imprevisíveis, pois um Bolsonaro se algum louco qualquer se  encostar ao seu lado este governa.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

A direita perdeu o rumo e entrou em desespero, por isto Bolsonar

A direita perdeu o rumo e entrou em desespero, por isto Bolsonaro.

O maior problema é confundir uma pessoa esperta com uma pessoa inteligente, Bolsonaro sobra esperteza e falta inteligência, se ele fosse tratado como no vídeo que Wilton Santos colocou por todos, ele nem para vereador numa cidade pequena ele se elegeria. Porém Bolsonaro teve dois cabos eleitorais muito fortes, Maria do Rosário e Jean Wyllys, este dois e mais alguns políticos de esquerda trataram como ele tivesse alguma coisa para dizer, mesmo todos sabendo que não sai nada de inteligente naquela cabeça.

Vejam vocês, quando seu Flávio Bolsonaro coloca uma pesquisa eleitoral num Twitter para homenagear seu papai, nem os Bolsonitos tem coragem de votar no cara, e olha todos sabem que pesquisa feita num Twitter certamente segue a tendência de quem é o proprietário. Logo ninguém leva a sério este cara.

Outro grande problema é procurar nesta personalidade algum traço de um líder fascista, pois na realidade “O Mito” nem tem capacidade intelectual nem o carisma para ser um líder fascista. Porém muitos dão a ele uma capacidade que ele tem, qualquer idiota sabe que Bolsonaro não tem capacidade nem para ser síndico de edifício.

Há duas formas de acabar com a criatura, ou com o deboche ou simplesmente tratando-o de forma solene e perguntando sobre assuntos que não estão na sua posição de conforto, vou colocar um vídeo que mostra como demolir Bolsonaro, fazendo perguntas sérias e fora do assunto que é a sua área de conforto.

Seu voto: Nenhum
imagem de Fabio !
Fabio !

A mesma história de 1989

Incapazes de reverter a deterioração de seus preferidos políticos do PSDB - Serra , Aécio ou Alckmin - ainda que com maciça blindagem ,  e tendo que enfrentar novamente a ameaça LULA , a grande mídia não terá outra alternativa a não ser dar o braço a Bolsonaro , como aconteceu com Collor em 1989 .

A prioridade número 1 é afastar a ameaça LULA. Depois , se o sujeito de plantão no Palacio do Planalto não corresponder às expectativas , mais um impeachment . Já tão craque nisso .  

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de hugo1
hugo1

O que a pesquisa revela é:

O que a pesquisa revela é: Lula em primeiro; brancos e nulos em segundo; Marina em terceiro e assim por diante.

Os brancos e nulos vão ser o fator que vai decidir as eleições.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

A marca histórica da extrema

A marca histórica da extrema direita é a maior audiência do jornal nazional até hoje. Boçalnato tá muito longe disso. Aliás, seus pontinhos na "pequisa" do amigo do Aécio viram pó assim que os Marinhos decidirem.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de dandelli
dandelli

é o voto do protesto

É o voto do brasileiro trabalhador,  que paga carga tributária elevada e, não nehum insentivo do governo, paga as duras penas  educação e plano de saúde privado, para fugir do retrocesso em que se encontra no setor estatal. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de dandelli
dandelli

é o voto do protesto

É o voto do brasileiro trabalhador,  que paga carga tributária elevada e, não nehum insentivo do governo, paga as duras penas  educação e plano de saúde privado, para fugir do retrocesso em que se encontra no setor estatal. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

" Coelho "

  Bolsonaro é um frente, uma "cara" para  calibrar uma movimentação futura da extrema direita e certos setores liberais e religiosos, até mesmo trata-se de alguem para "bater" e "apanhar", enquanto a caravana passa desapercebida, a suposta esquerda e mesmo os atuais ocupantes do Poder focados nele, estão perdendo tempo ao acreditar em Bolsonaro como o candidato da extrema-direita, ele não será.

    Acordem, uma candidatura/proposta politica, advinda deste extrato cada vez mais crescente, não será representada por um politico conhecido, mas por alguem atualmente "de fora", não necessariamente um "militar", ou alguem ligado a area juridica, ou mesmo a midia, e sim um "selecionado" entre estes setores.

    Um discurso como o de Bolsonaro, apesar de forte para determinados segmentos, não agrega outras forças próximas ao espectro da direita, ou mesmo do extrato liberal-conservador, mas fornece uma "base" de lançamento, um "piso" do qual uma campanha rápida ( tipo iniciada em jan/2018 ), com forte apoio em redes sociais e na midia de massa, decole inclusive cooptando a ela "politicos profissionais" ( as "bancadas" expressivas da bala, boi e biblia ).

     Extremistas, de qualquer ideologia, são massa de manobra, são conduzidos facilmente ( como qualquer ideologizado ) por lideranças que nem ao menos conhecem, os grupos dirigentes de "direita" estão organizando-se há anos fora do "mainstream" politico oficial, não são burros, sabem que um tipo " Bolsonaro" somente serve até certo ponto, e é substituivel.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Bolsonaro é o quê???

A mesma coisa que está aí ou pior...

Vamos eleger o Trump brasileiro.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Esta comparação de Trump com Bolsonaro é atroz.

Por mais isto ou aquilo que seja Trump ele tem algo torto dentro de sua cabeça mas tem, Bolsonaro é uma mente vazia.

Fazer esta comparação é dizer que a parte anedótica de Trump é igual a anedota que é o Bolsonaro.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

O que o crescimento de

O que o crescimento de Bolsonaro simboliza?

Será que não é apenas o crescimento de um sentimento de frustação total com um modelo de democracia que se revela ineficaz? E no qual os representantes do povo se excedem cinicamente no uso do congresso para seus próprios objetivos de poder e riqueza? Não seria, então, apenas o crescimento de uma voz silenciosa ou sussurrante que diz: "com essa democracia que tá ai eu prefiro os militares"?

O regime militar não aparece ostensivamente na pesquisa. Muitos se envergonhariam de explicitar diretamente seus sentimentos, então não estariam fazendo isso de forma enviesada, via Bolsonaro?

Prefiro então a leitura da pesquisa não propriamente como um crescimento do Bolsonoro, mas um crescimento de algo difuso que ele simbolizaria. Nessa hipótese poderia até haver gente, mais do "centro" ou de "esquerda", que jogaram suas toalhas...

Seu voto: Nenhum
imagem de GalileoGalilei
GalileoGalilei

Argh!

Argh!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Estatísticas

Uma pequena observação: o artigo levanta uma questão importante e preocupante que é o crescimento de Bolsonaro, impulsionado pelo aumento da hipocrisia e ignorância política de uma vasta camada da população, especialmente da classe média e alta. Entretanto, deve ser ponderado que ele tinha uma pequena porcentagem de intenção de votos (em torno de 9%) enquanto Lula já tinha em torno de 24%. Sobre uma base pequena, qualquer crescimento representa um bom percentual.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Rui Ribeiro
Rui Ribeiro

Valeu, Edmorc, você acabou com a fascinação dos fascistas

"Conquanto isto não seja indispensável ao meu objetivo imediato, desejo fazer algumas observações preliminares, para vos colocar melhor no assunto.

Se um homem percebe 2 xelins de salário por semana e seu saláxio aumenta para 4 xelins, a taxa do salário aumentará 100 por cento. Isto, expresso como aumento da taxa de salário, pareceria algo maravilhoso, ainda que na realidade a quantia efetiva do salário, ou seja, os 4 xelins por semana, continue a ser um ínfimo, um mísero salário de fome. Portanto, não vos deveis fascinar pelas altissonantes percentagens da taxa de salário. Deveis perguntar sempre: qual era a quantia original?

Outra coisa que também compreendereis é que, se há dez operários que ganham cada um 2 xelins por semana, 5 ganhando 5 xelins cada um e outros 5 que ganhem 11, eles, os 20, ganharão 100 xelins, ou 5 libras esterlinas por semana. Logo, se a soma global destes salários semanais aumenta, digamos de uns 20 por cento, haverá uma melhora de 5 para 6 libras. Tomando a média, poderíamos dizer que a taxa geral de salários aumentou de 20 por cento, embora na realidade os salários de dez dos operários variassem, os salários de um dos dois grupos de cinco operários só aumentassem de 5 para 6 xelins por cabeça e os do outro grupo de 5 operários se elevassem, ao todo, de 55 para 70 xelins. Metade dos operários não melhoraria absolutamente nada de situação, a quarta parte deles teria uma melhoria insignificante e somente a quarta parte restante obteria um benefício sensível. Calculando-se, porém, a média, a soma global dos salários destes 20 operários aumentaria de 20 por cento e no que se refere ao capital global, para a qual trabalham, bem como no concernente aos preços das mercadorias que produzem, seria exatamente o mesmo como se todos participassem por igual na elevação média dos salários. No caso dos trabalhadores agrícolas, como os salários médios pagos nos diversos condados da Inglaterra e Escócia diferem consideravelmente, o aumento foi muito desigual."

Karl Marx, Salário Preço e Lucro - (Capítulo I, Produção e Salários)

 

Seu voto: Nenhum
imagem de sabra
sabra

Eis uma manchete bombástica

 O crescimento de Bolsonaro é significativo da deterioração política na direita. Como alguém já disse os que sairam atras do Pato da Fiesp, não se arrependeram, pois o que tem em mente é esvaziar os aeroportos, levar os outros de volta para a periferia, e destruir o PT. Este percentual, mesmo vendo toda a corrupção do atual governo e de vários dos seus líderes, não se importa, pois nunca brigaram contra isto. Este pessoal sem dúvida vai correr na direção de Bolsonaro.  Mas o percentual da manchete, 74% torna a manchete maior do que a realidade. Mas quem dúvida que tenhamos no Brasil 20% de direitistas. Existem é claro divisões entre eles, mas Bolsonaro, quem diria, está unindo-os.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Nem 10%

Ele assumiu o imaginário por que ele é mais por aquilo que falam dele, não pelo que ele de fato é!

Na boca dos contadores de histórias se criaram homens que se tornaram lendas e que na verdade não foram nem 10% do que falaram dele!

Ele é isso!

Até a oposição dele, dá a ele mais valor que ele merece...

Seu voto: Nenhum (3 votos)

"O que fazemos na vida, ecoa na ETERNIDADE!" (Máximus - Gladiador)

"Os dois mais importantes dias em sua vida são o dia em que você nasceu e o dia em que você descobrir o porquê... - M

Jair Bolsonaro é o fator Tiririca nas eleições presidenciais...

Jair Bolsonaro é o fator Tiririca nas eleições presidenciais. Ele é a resposta dos eleitores que desprezam a política e estão mais preocupados em esculhambar com a política brasileira.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

O sucesso do Bolsomito não me

O sucesso do Bolsomito não me surpreende. Há um ano, aqui mesmo no GGN, alertei que os três patetas do golpe poderiam abrir caminho para a barbárie representada por ele: 

http://jornalggn.com.br/blog/fabio-de-oliveira-ribeiro/os-tres-patetas-do-golpe-e-o-perigo-da-barbarie

Curiosamente, o Bolsomito está levando um ralo do Lula na pesquisa que o filho dele promove no Twitter:

https://twitter.com/flaviobolsonaro/status/832158260497096704

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de GalileoGalilei
GalileoGalilei

Bolso(vo)mito?

Bolso(vo)mito?

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Romanelli
Romanelli

LULA tem 30-35  ..Bolssonaro

LULA tem 30-35  ..Bolssonaro crecendo empurra o centro e até parte da direita ajuizada pra LULA

Não se compare com Trump  ..denovo lá foi eleito com MENOS VOTO popular  ..foi outra puxada de tapete do modelo que  beneficia os estados segregacionistas e pequenos.

 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Rui Ribeiro
Rui Ribeiro

Não há diferença entre Aécio, Temer e Bolsonaro

Como o Bolsonaro é o mais agressivo desses fascistas, é natural que ele puxe os votos de ambos. É a isso que se deve o seu crescimento.

Os fascistas estão se concentrando num único candidato, o Bostonaro. Mas o fracasso quase certo do Trump e as merdas do outsider Dória vão fazer o eleitorado, mesmo de extrema direita, se desencantar do Bostonaro. Ainda vai rolar muita água debaixo da ponte.

Mas o Lula tem que ser mais agressivo com os fascistas e mostrar a solução. O Lula deve se desencurralar e isso em pouco tempo. Em situações de crise, a incerteza política pode se aprofundar profundamente.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Pô Rui, não desgasta a palavra fascista.

Escrever algo como estivesse falando num palanque em que só tem um minuto para falar, é uma coisa, utilizar o mesmo tipo de discurso chamando Aécio, Temer e Bolsonaro de fascistas é de uma pobresa franciscana. Bolsonaro é um boçal, não é fascista porque nem sabe o que é ser fascista, Temer é um cleptocata e Aécio é como Bolsonaro, um nada.

Certamente o candidato da direita será alguém fabricado como o Dória ou até o Roberto Justus que no fim do ano passado lançaram o seu nome como balão de ensaio (http://politica.estadao.com.br/blogs/coluna-do-estadao/roberto-justus-ad...) mas como é muito prematuro tiraram para ele não se queimar mais cedo, porém vão fabricar alguém e vendê-lo como sabonete.

Seu voto: Nenhum

É o único caminho !

E  também, fazer uma campanha agressiva contra aqueles que sabotaram o projeto de  redução das desigualdades sociais do Brasil.

Tem que bater nominalmente, um a um nos palhaços  do circo do impeachment ( de Sério Reias  a  Titirica...).  e também todo tipo de gol.pista que rola por aí...

Tem que dizer: eu não quero estes caras lá !  se for pra eleger  também estes fdp, nem contem comigo !!

Lista-negra  social  nas urnas 2018 !!

Seu voto: Nenhum

 

A desgraça daqueles que não gostam da "arte maldita" da política, é ser governado por aqueles que gostam......

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.