Revista GGN

Assine

Informação

imagem de Selma Quaresma
Criado por Selma Quaresma
7
24 jul

Sociólogos e cientistas políticos debatem o Brasil.

Conteúdos

O pós-protestos e a conjuntura política

As recentes pesquisas do Datafolha sobre a avaliação do governo e as perspectivas eleitorais de 2014 indicam que está em curso uma reacomodação da conjuntura política, depois que os protestos de junho abalaram a ordem existente da política brasileira. As manifestações de rua haviam derrubado a avaliação do governo federal, de 65 para 30 pontos. Agora Dilma recuperou 6 pontos.

A compreensão dessas variações implica em perceber que nos momentos de comoção ocorrem bruscas mudanças de humor dos grupos sociais. Já existia uma percepção de que o governo federal e os demais governantes não vinham bem, mesmo antes de junho. Mas em condições normais da política, a queda nas avaliações seria lenta e gradual. Os protestos provocaram uma ebulição na percepção política das pessoas e derreteram a gordura dos governos que lhes era conferida pela passividade dos cidadãos e pela inexistência de oposições, fossem lá quem fossem os governos e os partidos governistas. Leia mais »

Média: 4 (6 votos)

O governo Dilma e a crise de governança

A literatura brasileira especializada estabelece uma distinção entre governabilidade e governança. Se levarmos em conta estudos de Fábio Wanderlei Reis, de Marcus André B. C. de Melo e de Eli Diniz, podemos sintetizar as diferenças entre os dois conceitos da seguinte forma: 1) Governabilidade, diz respeito às condições políticas e institucionais estruturais gerais sob as quais ocorre o exercício do poder e a articulação entre Estado e sociedade no processo de produção de decisões e resultados, na relação entre os três poderes e nas relações de instâncias federativas; 2) Governança, diz respeito ao modo de operação do poder, à articulação entre atores, ao exercício da autoridade política e moral, ao desempenho das políticas públicas e às relações de sustentabilidade política e social de apoio aos governantes. Para se ter uma noção comparativa, podemos dizer que o Egito, neste momento, vive uma crise de governabilidade com o colapso das instituições, enquanto que o Brasil vive uma crise de governança em face da incapacidade operativa dos governos em produzir bens e resultados demandados pela sociedade. Leia mais »

Média: 2.5 (4 votos)

Nenhum resultado encontrado

Nenhum resultado encontrado

Nenhum resultado encontrado

Nenhum resultado encontrado

Nenhum resultado encontrado