Revista GGN

Assine

A Globo perdeu espaço político, social e de mídia com o Golpe, por Alexandre Tambelli

A Globo perdeu espaço político, social e de mídia com o Golpe

por Alexandre Tambelli

A Sociedade que nasceu do estilo processual Lava-Jato na dobradinha com velha mídia capitaneada pela Rede Globo fez o feitiço virar contra o feiticeiro para os golpistas e sobrou a tentativa Alckmin para a família marinho.

Tentando entender o Brasil em 11 de outubro de 2017, uma visão pessoal. 

Pesquisas levam aos factoides diários contra Lula e Dilma, bem sabemos.

Lula vence todos os candidatos em segundo turno e até Moro pode perder dele. Lava-Jato tem seu menor índice de aprovação neste mês.

72% de nordestinos querem Dilma de volta.

59% dos brasileiros querem Dilma de volta.

Dilma lidera a corrida para o Senado em Minas Gerais. 

O que acontece no mesmo instante destes resultados de pesquisas, que certamente são realizadas para dar um resultado menor que o esperado em favor dos golpeados?

Um factoide, uma condenação, uma acusação nova (requentada) contra Dilma, idêntico como acontece com Lula.

Invadem a casa do filho do Lula a procura de drogas, o factoide de ontem, TCU e Pasadena o de hoje. 

É a tentativa de respiro do Golpe, do paciente em coma e dando seus últimos suspiros.

Vivemos um impasse no Golpe, ele não tem mais condições de realizar uma arbitrariedade maior contra Lula, Dilma e PT por não ter apoio popular para tal intento e nem condições morais desta ação.

É imprevisível o que adviria na sociedade da tentativa de barrar eleições e/ou tirando Lula e Dilma delas. E, ainda, mantendo diversos candidatos ficha suja elegíveis.

Hoje, vivenciamos uma realidade de estagnação das ações com resultados práticos que visem impedir Lula e Dilma de serem candidatos em 2018 e de se adiar a Eleição, senão já teriam parado com os factoides diários disfarçando um pouco a seletividade da Justiça.

Então, utilizam das tentativas de desmoralizar Lula e Dilma para, na ilusão dos golpistas, tirarem votos deles e do PT em  quantidade em 2018, o que parece ser impossível juntado da Reforma Política que quer facilitar a campanha dos candidatos endinheirados ou defensores das elites que patrocinaram o Golpe de 2016.

Uma campanha eleitoral inteligente e a gente retoma o Poder em breve com Lula em 2018. Até podemos ver o retrocesso do Golpe, pode até existir a possibilidade da volta da Presidenta Dilma do jeito que as coisas vão, é pouco provável, mas possível. 

Aconteceu um fenômeno impensado neste período, o Golpe e suas formas de produção e solidificação (modelo Lava-Jato de Justiça em dobradinha com a velha mídia) foram feitos de maneira equivocada, dando espaço para uma extrema-direita se solidificar no país, marcadamente fascista e ligada a um moralismo castiço e um fundamentalismo religioso, misturado com uma linha de atuação anti LGBT, anti programas sociais e pró armamento desenfreado da população. 

Esta linhagem de eleitores fabricada pela velha mídia capitaneada pela Rede Globo juntado de Veja, JP, Estadão, Folha e assemelhadas + Justiça modelo Lava-Jato para o Golpe se solidificar provocou o fenômeno da anti política (com a imagem de que a Política é sinônimo de corrupção) e o fenômeno do ódio ao que não é exatamente igual ao que a pessoa que foi levada a ter um pensamento de extrema-direita acredita e quer para a nossa vida e nosso país. 

O Golpe precisou de extremistas de direita nas ruas para dar um ar de legitimidade, para fazer número, dar tamanho as manifestações pró-impeachment, não nos esqueçamos disto.  

Como foi desmascarada a direita tradicional via corrupção, mentiras + incompetência em governar juntado ao ódio ao PT solidificado em partes do eleitorado, se formatou uma parcela significativa dos que antes acreditaram na Globo e foram tucanas e pró-Golpe, e que hoje enveredam para o radicalismo de Bolsonaro e assemelhados: 

A parcela do eleitorado anti-petista de antes misturada de uma parcela que enxerga os políticos tradicionais do PT (desejado pelo Golpe) do PSDB e do PMDB (indesejados pelo Golpe), os maiores partidos brasileiros, todos, sem exceção, como corruptos. 

E os golpistas ficaram diminuídos. 

A extrema-direita foi se consolidando e se distanciando dos apoiadores do Golpe e a velha mídia, em especial a Globo, se perdeu no meio de um tiroteio que é favorável ao crescimento do fundamentalismo religioso, que no fundo vai debandar dela público, em boa parte, migrando sua audiência para a TV Record da Igreja neopentecostal Universal. 

Dois jornalistas de esquerda foram desligados da Record News estes dias. Sintomático. Há espaço para se desenhar um conservadorismo de costumes e de Fé na sociedade brasileira, a Record e as TVS de pastores neopentecostais e carismáticas católicas (conservadores) podem assumir este público para si. 

Então, se vê que a Globo foi tentar reparar a situação Bolsonaro abrindo espaço para o Fantástico discutir a questão do Gênero, para o Bem-Estar mostrar e discutir o tema a partir de transexuais, até mostrando com cuidado e respeito um casal formado por um travesti e uma mulher que fez operação para ser homem, pontuando com clareza que homossexualismo não é doença. Imaginemos no auge do Golpe se a Globo arriscaria esta discussão temática.

É a tentativa de freio de arrumação tardio para uma situação que saiu do controle. A Globo ficou sem candidato viável. Dória e o forte Bolsonaro foram para um caminho que só a Record e emissoras religiosas, talvez, possa abraçar.

Globo e velha mídia que com o Golpe perderam a audiência cega de um eleitorado que não vai mais dar tanta atenção ao que diz a Globo e a velha mídia na hora de votar, porque foram enganados com a mentira de que o Golpe traria um mundo maravilhoso para ele. E já sem todo o eleitorado fiel pró Lula e Dilma perdidos, aos poucos, nos anos anteriores ao Golpe. 

Os golpistas alinhados com a velha mídia perderam espaço para a extrema-direita e para os que ainda estão lúcidos e para os lulistas, dilmistas e esquerdas em geral.

FICARAM NUS. 

Alckmin pode ser a candidatura de inflexão do caminho Lava-Jato de sociedade? Parece ser a solução única que sobrou no meio político, entre os que participaram do Golpe, nem Marina caberia por seu silêncio diante do Governo Temer e por ter sido do PT e ter mudado de lado nem Joaquim Barbosa, o imprevisível nem o descontrolado Dória. O problema é. 

Como voltar para a garrafa essa Justiça modelo Lava-Jato para não escancarar mais a seletividade e perseguição da Justiça ao Lula, à Dilma e ao PT no Brasil, onde a maioria do MPF, da PF, dos magistrados viraram anti petistas de carteirinha? Evitando crescer mais e mais a intenção de votos em Lula?

Com o Golpe destruindo toda a economia nacional e sem condições de impedir eleições em 2018 há poucas chances de prosperar a candidatura da velha mídia capitaneada pela Globo.

No fim de tudo nasceu uma nova polaridade: Lula X Bolsonaro. 

A Globo com Bolsonaro para vencer Lula pode dar de bandeja à Record um protagonismo em um Governo de extrema-direita ou no crescimento dela assumindo este público para si. Se der Lula não tem diálogo possível, ele já afirmou que vai propor a Democratização da Mídia. Alckmin foi o que sobrou e seu catolicismo Opus Dei mais civilizado, o bom moço de Pindamonhangaba. 

A Globo perdeu espaço político, social e de mídia com o Golpe.

Média: 4.2 (32 votos)
27 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Hildermes José Medeiros
Hildermes José Medeiros

De uma coisa  pode-se ter

De uma coisa  pode-se ter certeza: trata-se de um ladrão sui generis, inusitado, que rouba não fica com o produto do roubo, ao menos documentalmente no seu nome, não encontram contas polpudas no Brasil e no exterior em seu nome e em nome de familiares seus, rouba com tanta maestria que é impossível, muito difícil, está mostrado pela própria Justiça,  já que procuram há mais de quinze anos e nada comprometedor é encontrado ao ponto de incriminá-lo, com provas difíceis de serem contraditadas, aí recorrem à imaginação, ao domínio do fato para tentar enquadrá-lo, já que não nas Leis do país e na Constituição tipo criminal para tanto furor persecutório. Um verdadeiro ladravaz que dribla as leis, até parece que se vale de poderes extraterrestres, no mínimo esotéricos para perpetrar seus roubos, só lhe interessando a fama de ladrão. E o mais curioso é que muitos de seus acusadores estão enrolados na Justiça e até presos, tentando incriminá-lo com depoimentos sem comprovação consistente, em troca de amenização da pena a que respondem, com contas polpudas, no mínimo na casa dios milhões de dólares, no Brasil e no exterior, com bens de alto valor (casas e apartamentos suntuosos, iates, aviões, carros de luxo), no próprio nome ou de familiares. Pelo o andar da carruagem, o melhor é logo prender esse ladrão, julgá-lo e condená-lo nas 1ª e 2ª instâncias da Justiça em Curitiba (o Supremo já esutuprou a Constituição para tanto), então afastá-lo do pleito de 2018, deixando tudo para ser resolvido, certamente para ser inocentado, principalmente por falta de provas,  nesse mesmo Supremo, um dos órgãos  do Estado principais do golpe, onde, atualmente,  não sendo do interesse dos golpistas, os prazos são medidos em décadas (uma suprema tartaruga, que a depender do caso e do interesse político, se nega até a fazer justiça). É prender (Lula) ou largar (deixá-lo concorrer), eis a questão. Se der certo, o povo não se pronunciar em outras formas de votar não desejadas, o golpe se consolida afastando os políticos que fazem oposição ao governo ilegítimo que puseram no poder, (Lula e Dilma os principais), para tanto tendo de recorrer às Forças Armadas para fazer o pepal sujo do prendo e arrebenta, que não é problema; não tendo forças para tanto, é prevenir-se e esperar o que acontecerá com Lula eleito e o PT de volta ao poder.

Seu voto: Nenhum

A onda começa a se levantar.

Não sendo otimista nem pessimista, só resta para as forças da Oligarquia o golpe militar, pois Bolsonaro não é e nunca foi a opção, as opções eram outras mas goraram, logo agora só há duas soluções ou deixar o PT (com Lula ou sem Lula) vencer as eleições ou o golpe militar e serem derrotados mais a diante aí sem retorno ou com apoio de um governo externo (algo muito difícil e imprevisto), ou seja, os graus de liberdade para movimentos estão se estreitando.

O que se vê é que a deterioração das condições da Oligarquia dominante se acelera dia a dia, porém ela poderá levar com ela vários setores que são a base do controle como a Justiça, Polícia e Mídia, e se for tentado o golpe militar, quando este cair também as forças armadas serão levadas de roldão.

Há na realidade um grande impasse, a tentativa de seguir na direção de destruição do PT ou mais ousado ainda a destruição de todo o sistema político com o golpe militar, o primeiro pode falhar e criar um desastre para a direita e o segundo também tem sérias chances de falhar causando uma verdadeira destruição do Estado que reina soberano até agora.

Está mais ou menos se fica o bicho come se corre o bicho pega, os próximos seis meses dirão qual será a alternativa.

Seu voto: Nenhum
imagem de Um Visitante
Um Visitante

O que fragiliza a opinião do

O que fragiliza a opinião do autor é pressupor um grau de normalidade que não existe mais, e desprezar a inteligência quase demoníaca do golpe.

Pois imobilizaram toda a esquerda sem um tiro, com essa história de eleições em 2018. A resistência popular que poderia ter derrotado o golpe foi neutralizada pela passividade de todos em aguardar a volta do Lula ano que vem, com a implícita promessa de revogação dos atos do regime golpista, por via institucional. Um tremendo absurdo, pois mesmo sonhando que Lula conseguisse reunir uma maioria de 2/3 no parlamento, o judiciário torpedearia a iniciativa em pleno vôo, da mesma forma como ele foi impedido de se tornar ministro de Dilma.

Até mesmo declarações de um general da ativa afirmando categoricamente que haverá um golpe, com diversos exercícios militares espalhados pelo país a dar peso a suas palavras não são suficientes para tirar essa esquerda Poliana do transe em que entrou, graças a divulgação regular de pesquisas que prometem a volta dos tempos dourados da Era Lula.

Como se os mentores intelectuais dos golpistas abrirão mão tão facilmente dos trllhões que almejam roubar de nossas riquezas.

Mas, ao que parece, há contradições insanáveis que tornam esse golpe inerentemente instável, sendo a principal delas a manutenção de uma agenda profundamente anti-nacional e anti-popular ao mesmo tempo em que o principal agente do golpe, os EUA, se vê cada vez mais ameaçado pelo espectro de entrar em um colapso semelhante ao da URSS, com o mundo cada vez mais vendo o Império como um tigre de papel - até a Arábia Saudita, o mais fiel aliado do país na história, começa a se aproximar dos russos e chineses. Foi o petróleo saudita o principal pilar do domínio financeiro americano, com a percepção de quase invincibilidade do exército sendo o fiador do dólar. Com a perda de ambos, o colapso parece inevitável.

O que pode nos deixar numa situação complicada: com as forças armadas desmoralizadas depois de assumirem o papel de capatazes de um golpe privatista, anti-nacional e anti-popular, e a desorientação dos golpistas perante a queda de seus mestres, o Brasil terá que lidar com a realidade de ter todas as instituições destroçadas - portanto, tendo a necessidade de criar um novo Estado. Mas sem referenciais, haveria o risco de haver uma guerra civil e a fragmentação do território.

Porém, se a esquerda se antecipar, definir a teoria desse novo Estado e educar e envolver as bases, o desenvolvimento pode ser bastante diferente.

Esse exercício de futurologia está limitado apenas ao que se sabe publicamente, obviamente; mas me parece o desenvolvimento mais lógico, embora o menos agradável de imaginar.

E Bolsonaro parece ser um vôo de galinha da direita: um mero capacho dos imperialistas que apóie as reformas anti-populares se tornará pó rapidamente. É importante lembrar que Mussolini e Hitler tiveram a força que tinham por oferecer vantagens reais aos trabalhadores (num acordo com a burguesia nacional), não pela repressão e propaganda política.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Visitante!

Por me posicionar como uma pessoa que acredita que o Golpe está sem forças para barrar a candidatura Lula e as eleições em 2018 não significa que sou "esquerda poliana" e o que isto significar para você.

São visões distintas que possuímos, e que no debate civilizado de ideias são valiosas. 

Eu acredito que se tivessem forças para barrar a candidatura Lula, a candidatura Dilma, forças para tirar o PT das eleições não precisariam de factoides diários como o do TCU contra Dilma.

Desde quando o TCU e o factoide Pasadena tem poder de bloquear os bens de Dilma em um processo em que ela já foi absolvida, lembremos disto. É que Dilma lidera pesquisa pro Senado em Minas Gerais, se ela estivesse totalmente esquecida e sem intenção de votos, sem a população perceber que seu Governo era muito melhor que o de Temer e que foi enganada deixavam Dilma esquecida. Não é o caso.

As pesquisas são indicadores do momento atual e de tendências futuras, não quer dizer que não possam dar um resultado diferente em um tempo posterior e são instrumentos de análise e ação dentro da realidade concreta, senão não teríamos a coincidência de que sempre que as pesquisas indicam o crescimento da intenção de votos em Lula aparece um novo "processo", uma "reabertura" de "processo", uma nova "condenação" contra ele. 

Eu tenho a opinião de que o Golpe não está com forças suficientes para barrar a candidatura Lula e não creio em uma intervenção militar. A situação está caótica demais para os militares quererem ocupar o Poder, a chance de se queimarem perante a opinião pública e de não durar muito um Governo Militar é grande, penso eu. 

Abraço,

Alexandre!

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Um Visitante
Um Visitante

Se você pensar que os

Se você pensar que os mandantes do golpe moram no Brasil sua opinião é lógica, mas e quando eles moram longe e podem extrair trilhões de dólares em riqueza do país, sem ter que lidar com as consequências do caos social resultante do roubo?

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de jose adailton v ribeiro
jose adailton v ribeiro

Causando

A Globo é poderosa porque é muito competente  e eficiente. Tem feeling. Seus concorrentes são fracos.E, de mais a mais ,usou a sombra o poder para fazer amigos e influenciar pessoas.Considerada uma inimiga pela simples razão de que ela se interpõe no caminho de convencimento político ideológico da esquerda. Joãozinho Trinta já dizia "Quem gosta de miséria é intelectual, pobre gosta de luxo",

Seu voto: Nenhum

Análise otimista demais. E um pouco ingênua também

Achar que voltaríamos ao Poder se Lula ganhasse? Ora, ora, ainda nao aprendeu que nossa Direita nao tem pudores democráticos? Haveria outro golpe, talvez militar, dessa vez. Só um aumento da organizaçao popular poderia infletir a tendência atual, e o povo pode estar contra o golpe, mas se sente impotente para combatê-lo.

Mas enfim, eu adoraria estar errada nisso...

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Anarquista!

Acreditar, hoje, que a candidatura Lula será homologada e que teremos eleições em 2018 não significa dizer que Lula vai ter facilidade para Governar em um novo mandato de Presidente e que não vão tentar sabotar seu Governo, derrubá-lo, se for possível e continuar a existir ingerências do Judiciário em dobradinha com a mídia sobre as ações governamentais dele. 

O PT, creio eu, está calejado para saber dos seus erros e das maneiras de evitar, se chegar ao Poder em 2018, um novo Golpe. Não creio em uma nova Ditadura Militar no Brasil neste período da História. 

Todos aqui sabemos que a Direita não tem pudores democráticos, mas eu parto da ideia, hoje, de que a direita golpista foi com tanta sede ao pote que criou o impasse de dar um Golpe e não conseguir aprofundá-lo de tanto descrédito com a população e incompetência juntos.

Posso estar errado. E ser a máxima: quem dá Golpe não vai entregar o Poder de volta e de mão-beijada para o golpeado 2 anos depois confirmada.

Abraço,

Alexandre.

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Edna Baker
Edna Baker

Adoro o PT desde sempre mas

Adoro o PT desde sempre mas nāo pertenço a nenhum partido, mas, tenho certeza, que o PT de ontem jamais será o PT de hoje e o de amanhã. Apanharam abessa e jamais incorrerão nos mesmos erros por isso estão voltando e muito mais fortes. Conhecem agora todos os buracos do caminho. Aliás todos nós também.

I

Seu voto: Nenhum

Tomara que vc tenha razao...

É tudo o que posso dizer. Mas acrescento: Lula voltar e ser desmoralizado seria pior do que manter a aura.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

A Globo perdeu por um lado, mas ganhou por outro

acho evidente (sob meus óculos) que a Globo desde o início, quer derrubar Temer. Ganhou mais atenção e prestígio (interesseiro) ao ter seus jornais mais diversificados.

Terá mais audiência no período eleitoral estrito.

Não sei o que há por trás. Mas se falarmos em lavagem cerebral e fanatismo iremos longe. Não temos uma democracia consolidada, não temos partidos coerentes, definidos, os partidos faliram. Há um jurista Modesto Carvalhosa, tentando candidatura avulsa, um quixotismo que pode ser pedagógico pra um futuro.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

"Somente os superficiais se conhecem a si mesmos"

acho que a Globo tem mais medo do Bolsonaro que do Lula

acho que a Globo tem mais medo do Bolsonaro que do Lula.  O Lula embora seja seu eterno inimigo é mais conciliador e sendo responsável não vai pra cima da Globo como a esquerda gostaria. Vai no máximo dar umas tapinhas e aplicar aumas multas e tdos vão fingir que ficou tudo bem.

Já o Bolsonaro não é bobo nembomzinho feito o Lula. Vai detonar a Globo no primeiro dia, pois sabe que é um inimigo poderoso demais pra deixar ela livre para acabar como ele assim que tiver chance.

O Bolsonaro não tem a mesmas conexões sociais que o Lula e sabe que a Globo acaba com ele em menos de um mês. Sendo assim, não pode dar moleza, a Globo vai dançar com o Bolsonaro.

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de WG
WG

A Globo só será derrotada se

A Globo só será derrotada se Lula voltar ao poder.  A Globo é um tentáculo da banca financeira. Se houver eleição e um candidato de direita vencer, a Globo estará ao seu lado.  

Seu voto: Nenhum (2 votos)

*

A Globo pode acabar nesse exato instante., mas o seu 'legado" está por aí. A criatura ficou maior que o criador e este, no momento, é dispensável. Numa época quando tudo é disperso e fragmentado, a fonte é pouco importante e aí o combate fica mais complicado. Suas análises são muito interessanates, Alexandre. Abraços.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de zésergio
zésergio

*....

Cachorro atrás do rabo. Evolua Esquerda Tupiniquim. Ainda atrás da RGT? Ainda atrás de 1964? A RGT não existe mais. A Folha de SP não existe mais. A Veja não existe mais. Tudo um grupo só, para desaparecerem juntas. Se vocês não sabem Roberto Marinho já morreu. Civitta já morreu. ACM já morreu. Sarney é um decrépto. O que vocês esperam alcançar? Só mostram a cegueira que sempre os guiaram. A função destes grupos já foi exercida. O Mundo desta gente não existe mais. Só existe ainda para vocês. Querem construir o futuro olhando para o passado? Caçando fantasmas? Os norte-americanos dão risadas. A nova ditadura deste século agora vem por internet, diretamente de Miami/USA, em celulares ou tablets, sem nem precisarem da aceitação ou do apoio de personagens nacionais. Nem da submissão às leis nacionais nem do Estado ou do Judiciário Tupiniquim. Vocês ainda caçando o camundongo, enquanto passa o elelante pelas suas costas. Agilidade e esperteza nunca foram o seu forte. Não é mesmo, Aloprados?   

Seu voto: Nenhum
imagem de paulovi
paulovi

https://theintercept.com/2017

https://theintercept.com/2017/08/11/esfera-de-influencia-como-os-liberta...

Seu voto: Nenhum (1 voto)

STF vs. Senado: já temos placar do embate - DECIFRADO!

STF vs. Senado: já temos placar do embate - DECIFRADO!

<<O "blocão" inusitado de “composição” – Moraes/ Lewandowski + Fux/ Celso de Melo – fez Carmen Lúcia virar, falando em buscar o “voto médio” (sic).

E daí você vê que os votos "swingados" de Fux e Celso NÃO eram tão assim para valer, sabe...

Queriam marcar posição (ao lado dos "juristocratas"), mas "gostaram" de ser vencidos. Até porque sabiam a MERDA capital que ia dar do contrário.

*

Se você soubesse os bastidores de véspera...

Só digo uma coisa: foi por um triz!

E mais: estamos FODIDOS com gente tão despreparada e tão sem noção - com tanto poder!

Todo cuidado é pouco.

E cada julgamento zera o jogo tudo de novo!>>
 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Rennê
Rennê

Está na hora de endireitar o

Está na hora de endireitar o nosso país. Chega de mentiras, manipulação e corrupção com PT, PMDB, PSDB e companhia.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Edna Baker
Edna Baker

PT? Socorro!!!!

PT? Socorro!!!!

Seu voto: Nenhum

Boçalnato não vai endireitar

Boçalnato não vai endireitar porra nenhuma. Vai continuar mamando nas tetas do estado como sempre fez durante toda a sua vida. É um vagabundo seguido por uma legião de bobalhões com cérebros de minhoca. 

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de bi
bi

Está na hora de "endireitar"

Está na hora de "endireitar" os fascistas. Chega de hipocrisia, moralismo, tacanhez e ignomínia com MBL, Bolsonaros, Revoltados on Line, PSDB/DEM, saudosistas da ditadura e companhia.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Rei
Rei

Endireitar virou sinônimo de imbecilizar.

Endireitar mais? O país já é governado por uma bancada evangélica pentecostal corrupta e atrasada. Temos ainda a bancada ruralista... bancada da bala... 70% dos políticos são empresários... 100% eleitos por empresários. 

Se algum dia alguém te convenceu que o país estava "esquerdalizado"... você foi feito de trouxa! Esse país sempre foi de direita... e o pior tipo de direita: aristocrática e burra. 

Voce foi usado como massa de manobra. Trouxa!

Seu voto: Nenhum (9 votos)

De vento em popa...

Vão-se os dedos e ficam-se os anéis...

A mídia está fazendo do limão uma limonada...

De dia vende manchetes e jornais acusando o Temer, mas de uma forma que mostra um acordo, um velado toma-lá da-cá, é uma chantagem diária, por que à noite dorme o Temer por mais um dia esperançoso de virar a crise da vez...

Já foram manchetes em milhões em propina e nada acontece...

Além de lucrar, formar cabeça de seus leitores!

Dizem que do boi nada se perde, para mídia também, até da nossa desgraça, eles faturam...

Nenhum juiz furioso, nenhum desembargador cumpridor da lei nos mínimos detalhes, nenhum ativo funcionário do MP disposto a comprar essa briga...

Nenhum paneleiro, nenhum grupo dançando musiquinhas fazendo coreografia nas ruas...

Nada...

Toda grita que eles fazem não consegue mover uma grama para retirar o Temer, nem o STF que eles controlam a mão de ferro é deixado livre para devanear sobre estas questões...

Enquanto isso o golpe prossegue livremente, com apoio do TCU que depois de todas avaliações e auditorias apontam justamente o contrário, coloca Dilma no olho do furacão requentado de Pasadena.

Estão de olho no um trilhão que virá do leilão de ativos da petroleira e do pré-sal!

Um recurso destinado a educação dos mais pobres, coisa que parte dos militares e da população não consegue associar a violência!

Falta de escolas - traz violência, sim senhor!

Se esse dinheiro não for para a educação, vai custar o dobro para combater a violência, e olha que esse dinheiro não virá para o Brasil!

Vai engordar os impostos dos países ricos, que vão investir em educação!

É mais fácil um camelo passar pelo buraco de uma agulha...

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Rei
Rei

O oposto, a Globo se fortaleceu! FICARAM NUS, MAS NO PODER!

O plano da Globo só não se concretizou por completo devido ao caso da JBS que destruiu a credibilidade de Aécio e as aparições de Serra e Alckmin na Lava-Jato.

Tirando esses fatores fora do controle da Globo, o resto corre como o planejado:

1-Lula cada dia mais perseguido e fora de 2018.

2-PSDB apesar de sem credibilidade, segue 100% impune.

3-Grupos de direita ainda dominam a agenda do país

4-As acusações contra a Globo NUNCA foram investigadas...tanto o caso Palocci quanto a CBF.

5-Dificilmente alguma dívida será cobrada.... verbas publicitárias governamentais se multiplicaram.

A Globo vive seu melhor período nos últimos 20 anos.

Ficaram nus diante da esquerda massacrada... diante da população em geral eles continuam chefes do rebanho e maior grupo de poder do país.

Seu voto: Nenhum
imagem de Franbeze
Franbeze

E é por isso que eu

 

afirmo: os milicos podem voltar ao qualquer momento porque o golpe não fecha e quando os empresários perceberem que suas empresas vão quebrar aí é que o golpe não fecha  mesmo. Os empresários apoiaram o golpe acreditando que com a destruição da CLT eles iriam ter lucros exorbitantes. Se enganaram. Os trabalhadores vivendo como semiescravos não tem consumo e se não tem consumo as empresas quebram. Isso é Aritmética básica 2 + 2 = 4 e a maioria dos empresários não conseguem entender isso. Como um empresário pode ser tão míope?

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de LuizArmando
LuizArmando

Concordo

Na verdade a maiorioa dos empresários são herdeiros. Contratam gestores com "MBA" em Harvard, mas não ligam lé com cré.

São capiaus vindos das Capitanias Hereditárias.Nunca precisaram se preparar para o cargo.

Só ficou a filhadaputice da diferença de classe e o domínio que exercem sobre a classe social (logo) abaixo.

Se ferrarão também. O golpe tem assinatura de universidade Estadunidense.

Os "MBA" não respondem à contratadores brasileiros. Já tem residência em Miami. Onde vivem outros que odeiam a própria latinidade.

Ter endereço em Paris ou Nova York é pra Capitão do mato de rodas mais altas.

E o golpe segue em frente, já que nos dias atuais...

Viver é preciso. Navegar, não é preciso.

 

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Bela análise, Alexandre! Duas

Bela análise, Alexandre! Duas coisas importantes me vêm à mente sobre nossa situação atual: primeiro, se aguentamos até outubro de 2018, nesse ritmo de destruição e desmonte do país. Segundo, se existe "cura" para o antipetismo de nossa elite e classe média, que parecem indiferentes a todo o horror, diante do FANATISMO que grita em suas almas que "a volta de Lula ou de qualquer outro petista, nem pensar, qualquer coisa é melhor que isso!..."  -   Como ganhar uma eleição ou propor diretas já ou a volta de Dilma, com essa parcela da socieda - que tem força e voz - ainda enferma, ainda obscurecida por preconceitos que se arraigaram...?  Para isso, não consigo enxergar ainda resposta.

Uma outra questão importante por você levantada, e é coisa séria, é esse "como devolver à garrafa esse judiciário / MPF / Polícia federal "a la Lava Jato?" Com esse Supremo omisso, medíocre, alguns, cúmplices diretos de toda a insanidade?

Tempos sombrtios, não? Abraço, amigo!!!!!

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Edu!

Quem pode assumir esse moralismo castiço e doentio que nasceu do pós-Lava-Jato e a ascensão de Bolsonaro? 

A Globo ficou numa linha de tiro, entre o lulismo e o bolsonarismo. 

O bolsonarismo pode ser encampado pela Record e emissoras religiosas, lá podemos ver a parcela social radical religiosa que floresce, não vendo cenas de sexo em novela, não vendo público LGBT nas telas e a defesa sem limites de uma Religião que quer se solidificar como a única que salva, etc.

A Globo foi perdendo o público petista no decorrer do Século XXI e o tucano está sendo perdido no pós Golpe. Ou pela consciência de que foi enganado ou enveredando para a direção de Bolsonaro. 

Eu, também, não sei se aguentamos até 1 de janeiro de 2019, porém, se o Golpe tivesse certeza de si mesmo e de que Lula estará fora das eleições já teria uma ação concreta, segura para eliminá-lo do pleito. E, penso eu, não precisaria ficar criando factoides diários. 

A cada factoide contra Lula mais ele cresce nas pesquisas, menos as pessoas se interessam pela Lava-Jato, porque virou um samba de uma nota só. E menos condições práticas de retirá-lo das eleições de 2018 acontecem.

Quantos % de pessoas estão do lado da Globo e dos golpistas hoje?

Votar em Lula e Bolsonaro não é estar em sintonia com a Globo e os golpistas certo?

E os dois juntos dão 60% ou mais das intenções de votos em 2018. Juntemos ai os contrários ao Golpe que se sentiram enganados pelo noticiário da Globo, que não bandearam para o Bolsonaro/Dória e continuam anti-petistas e a conta só cresce.

Eu acredito que o freio de arrumação será necessário, não sobrou muito espaço para a Globo nesta engenharia dos 3% de aprovação de Temer, a margem de erro das pesquisas, os desconfiados dela crescem.

Abraço e bom feriado,

Alexandre!

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Se a Globo puder fazer esse

Se a Globo puder fazer esse "freio de arrumação" sem o Lula, eles farão.....  Aguardemos, viramos esse país insano, de novidades quase todo dia.   Bom feriado, amigo!!!!

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.