Revista GGN

Assine

Movimentos sociais

Na Bahia, pescadores impedem navegação de barcas de empresa de celulose

img-20170723-wa0034.jpg
 
Foto: Reprodução
 
Jornal GGN - Na Bahia, um movimento de pescadores da Reserva Extrativista de Cassurubá fez um protesto contra a empresa Fibria Celulose S.A. e a cooperativa Coompescar em razão dos impactos socioambientais causados pela dragagem do Canal do Tomba, relacionada às operações portuárias da empresa em Caravelas (BA).
 
Com cerca de dois mil pescadores, o Movimento Autônomo dos Pescadores Artesanais da Reserva Extrativista de Cassurubá afirma que seu território tradicional de pesca foi afetado pela dragagem.
 
No dia primeiro de julho, eles obstruíram o Canal do Tomba, impedindo a navegação das barcaças de eucalipto da Fibria que iriam para a fábrica de celulose em Aracruz (ES). 
 
Os pescadores apresentaram uma lista de exigências e dizem que a diretoria da Coompescar, sob a orientação do consultor contratado pela empresa de celulose, tem colocado dificuldades e impedimentos para a sua cooperação.

Leia mais »

Média: 5 (4 votos)

Cúpula do Mercosul: Movimentos desmascaram Temer e pedem Diretas

Central de Movimentos Populares realizou protesto nos arredores da reunião do Mercosul (Foto: CMP/ Cadu Bazilevski)Central de Movimentos Populares realizou protesto nos arredores da reunião do Mercosul

do Vermelho

Cúpula do Mercosul: Movimentos desmascaram Temer e pedem Diretas

Manifestantes e membros de diversos movimentos populares brasileiros marcaram presença durante a reunião de cúpula do Mercosul, realizada nesta semana em Mendoza, na Argentina, e pediram a convocação de eleições diretas, denunciando o golpe no Brasil. No encontro, a presidência do bloco passou das mãos do presidente argentino, Mauricio Macri, para as do brasileiro Michel Temer.

Na última sexta-feira (21/07), os manifestantes se reuniram nos arredores do Hotel Intercontinental. Coordenada pela CMP (Central dos Movimentos Populares), a caravana brasileira, que contou ainda com representantes de forças políticas como a Juventude do PT de São Paulo, Movimento de Luta por Moradia e Levante Popular da Juventude, saiu de São Paulo na terça-feira (18/07), percorrendo mais de 3.000 quilômetros. Leia mais »

Média: 3.2 (6 votos)

Lula: "O tempo que eu tiver vou dedicar a recuperar os direitos dos trabalhadores"

Ex-presidente participou de manifestação na Avenida Paulista em defesa dos direitos e da democracia - Foto: Ricardo Stuckert

do Lula.com.br

Lula: "O tempo que eu tiver vou dedicar a recuperar os direitos dos trabalhadores"

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a cobrar a realização de eleições diretas e afirmou que não medirá esforços para garantir a retomada dos direitos conquistados pelos trabalhadores e retirados pelo governo Temer. "O tempo que eu tiver eu vou dedicar a recuperar a democracia e os direitos dos trabalhadores", afirmou, durante discurso a milhares de manifestantes que ocuparam a Avenida Paulista nesta quinta-feira (20).

Protestos por todo o país tomaram as ruas nesta quinta na luta contra as reformas, em defesa das eleições diretas e contra a perseguição política e jurídica contra o ex-presidente. "Muita gente num gesto carinhoso foi solidário comigo. Mas eu queria dizer que o problema desse país não é o Lula, é o golpe. O presidente que colocaram no lugar da Dilma", avaliou Lula.

Leia mais »

Média: 3.3 (12 votos)

AO VIVO: Debate do PT sobre condenação de Lula abre atos desta quinta


Foto: Reuters
 
Jornal GGN - Em uma espécie de abertura dos atos desta quinta-feira (20), em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, da Democracia, pelas Diretas Já e pelo Fora Temer, a presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), comanda um debate ao vivo com o advogado Cristiano Zanin, às 15h30, que será transmitido pelas redes sociais.
 
Além da senadora, participam da conversa o senador Lindbergh Farias (RJ), o líder do PT na Câmara, deputado federal Carlos Zarantini (SP), o deputado Paulo Teixeira (SP), o ex-deputado e um dos vice-presidentes da sigla, Márcio Macedo, e o ex-ministro Alexandre Padilha. 
 
O diálogo será realizado na sede do PT em São Paulo e transmitido ao vivo pelas redes sociais da Fundação Perseu Abramo. Levantando a hashtag #DemocraciaComLula, a conversa terá início imediatamente após a entrevista concedida pelo ex-presidente Lula, que ocorre neste momento, aos jornalistas José Trajano, Juca Kfouri e Antero Greco.
Média: 3.9 (7 votos)

Órgão da CNBB demonstra preocupação com o país e convoca para atos desta quinta

ato_21_de_maio_-_paulo_pinto_agpt.jpg
 
Ato por Diretas Já em 21 de maio. Foto: Paulo Pinto/AGPT
 
Jornal GGN - Em carta assinada pelo secretário executivo Carlos Moura, a Comissão Brasileira Justiça e Paz - órgão da CNBB - demonstra preocupação com a situação do país e convoca para a participação das manifestações que irão ocorrer nesta quinta (20) em diversas cidades do país.
 
No documento, a Comissão Justiça e Paz fala no  “desmonte dos instrumentos econômicos do estado em benefício do mercado nacional e internacional, num claro atentado à soberania nacional”. 
 
O órgão também aponta as críticas contra a reforma trabalhista e também afirma que o Poder Judiciário, em muitas sentenças, “deixa-se contagiar por interesses não republicanos”.
 
“Que nesse momento triste, marcado por injustiças e violências, seja para nós um tempo favorável de renovação da esperança”, diz o documento. 
Leia mais »
Média: 4.3 (6 votos)

No Ceará, sede da CUT é invadida durante reunião

cut_dino_santos.jpg
 
Foto: Dino Santos
 
Jornal GGN - Na manhã desta quinta-feira (20), a sede da Central Única dos Trabalhadores (CUT) em Fortaleza (CE) foi invadida durante uma reunião da Frente Brasil Popular sobre o ato em ao ex-presidente Lula que será realizado hoje.
 
Segundo informações iniciais, homens armados entraram no local e fizeram as pessoas que estavam no local de refém. Foram levados dinheiro, celulares, notebooks e pertences pessoais. Um vídeo postado nas rede sociais mostra que os bandidos também destruíram equipamentos e as vítimas também relataram ameaças.

Leia mais »

Média: 4.4 (5 votos)

Movimentos sociais fazem atos em defesa de Lula e dos direitos trabalhistas

manifestacao_temer21_-_paulo_pinto_agpt.jpg
 
Foto: Paulo Pinto/AGPT
 
Jornal GGN - A Frente Brasil Popular irá realizar uma série de manifestações dentro de uma grande mobilização nacional nesta quinta-feira (20). 
 
Os atos devem ocorrer em todos os Estados do país e irão sair em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e protestar contra a reforma trabalhista e a retirada de direitos. Os manifestantes também vão pedir a saída do presidente Michel Temer e a realização de eleições diretas.
 
Em São Paulo, o ato irá ocorrer na Avenida Paulista, às 17h, com a presença de Lula e também da ex-presidente Dilma Rousseff. 
 
A Frente Brasil Popular afirma que as mobilizações pretendem “"relacionar a perseguição ao ex-presidente com a agenda de retrocesso nas leis trabalhistas e reafirmar, diante desse quadro de intensa crise política e institucional, a realização de eleições diretas para a presidência da República".

Leia mais »

Média: 5 (3 votos)

No Pará, mulher faz apelo e diz que pistoleiros vão atacar acampamento novamente

acampamento_hugo_chavez_-_mst.jpg
 
Foto: MST
 
Jornal GGN - Em áudio divulgado, a esposa de um militante do acampamento Hugo Chavéz, em Marabá (PA), faz um pedido de ajuda e afirma que pistoleiros se preparam para atacar o local novamente. 
 
Desde o último sábado (15), o acampamento está sofrendo ataque por parte de pistoleiros, que atiram em direção aos acampados. De acordo com relatos, diversos homens armados utilizam caminhonetes para fechar as estradas de acesso ao local e também colocaram fogo ao redor de onde estão as famílias dos trabalhadores rurais. 
Leia mais »

Áudio

You are missing some Flash content that should appear here! Perhaps your browser cannot display it, or maybe it did not initialize correctly.

Média: 5 (2 votos)

Ato protesta contra privatizações de Doria em São Paulo

ato_doria_levante_popular_da_juventude.jpg

Foto: Levante Popular da Juventude

Da Rede Brasil Atual

 
Manifestantes reúniram-se na manhã deste sábado na frente da casa do prefeito para denunciar o ataque ao patrimônio público e ato termina com um jovem preso pela GCM

O Levante Popular da Juventude, movimento popular conhecido pela jornada de escrachos em 2013 a agentes da ditadura, realiza na manhã deste sábado (15) manifestação de denúncia contra as privatizações na frente da residência do prefeito de São Paulo, João Doria, que os ativistas estão chamando de "prefeike". Os jovens anunciam no ato que “São Paulo não está à venda”, em crítica às diversas medidas privatistas da Prefeitura. O ato aconteceu no bairro do Jardins, na rua Itália.

"Tem sido sistemático o desmonte ao transporte público", defendem os ativistas. Desde que Doria assumiu o governo da cidade, o custo para a população aumentou por meio das integrações. Os ativistas também destacam que o prefeito praticamente acabou com o transporte escolar gratuito (em algumas regiões em cerca de 80%). As ameaças de privatização do patrimônio público também assustam a população: o Estádio do Pacaembu e o próprio Parque Ibirapuera já figuram na mira do "prefeito-marketeiro", afirma o movimento.

Leia mais »
Média: 3.4 (5 votos)

AO VIVO: Escracho em frente à casa de Doria

Jornal GGN - Integrantes do Levante Popular da Juventude estão em frente à casa de João Doria, prefeito de São Paulo, promovendo um escracho contra as medidas adotadas e que ferem os direitos da população.

 

Leia mais »

Média: 4.2 (10 votos)

Acadêmicos fazem abaixo-assinado em solidariedade a Lula

lula_coletiva_-_paulo_pinto_agpt.jpg
 
Foto:  Paulo Pinto/AGPT
 
Jornal GGN - Docentes de áreas como Física, Antropologia e Neurociência organizam um abaixo-assinado de solidariedade ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva em razão da condenação proferida pelo juiz federal Sérgio Moro.
 
Os professores afirmam que, na sentença, as “provas documentais se mostraram menos importantes que a necessidade de criar obstáculos à continuidade de sua atuação política em favor do desenvolvimento de uma nação mais justa e menos desigual”.
 
Para eles, há uma justiça “seletiva e caolha”, que decide através de um viés ideológico baseado em convicções pessoais e alimentada pela pressão da grande mídia. 
 
“A democracia brasileira sofre com isso mais um golpe, em um crescendo de arbitrariedades que visam deslegitimar o exercício da política e abertamente flerta com o autoritarismo”, diz o documento. 

Leia mais »

Média: 4.2 (10 votos)

Ativistas convocam ato em defesa de Lula em São Paulo

 
lula_curitiba_ricardo_stuckert_0.jpg
 
Foto: Ricardo Stuckert
 
Da Rede Brasil Atual
 
 
Manifestação foi marcada de última hora e deve começar às 17h, na Avenida Paulista, em São Paulo. Ativistas acusam juiz Moro de agir politicamente em sentença

Ativistas em defesa da democracia convocam para hoje (12), às 17h, um ato em defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. No início da tarde, o juiz da 13a Vara Federal de Curitiba, Sergio Moro, condenou Lula a nove anos e seis meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro referente ao processo do tríplex no Guarujá, no litoral sul de São Paulo.

O ato marcado horas depois do anúncio será realizado no vão livre do Masp, na Avenida Paulista, região central de São Paulo. Mesmo após a condenação, Lula não será preso nem fica inelegível para as eleições de 2018. Para isso ocorrer, o processo ainda precisa ser julgado pelo colegiado do Tribunal Regional Federal (TRF) da 4aRegião. “Temos absoluta convicção de que quando esse recurso chegar ao TRF teremos uma revogação dessa decisão parcial e política”, disse o senador Humberto Costa (PT-PE).

Leia mais »
Média: 4 (4 votos)

12 mil metalúrgicos protestam contra a reforma trabalhista no ABC, diz sindicato

metalurgicos_manifestacao_11_de_julho_-_adonis_guerra_-_smabc.jpg
 
Foto: Adonis Guerra/SMABC
 
Jornal GGN - Na manhã de hoje (11), cerca de 12 mil pessoas participaram da mobilização contra a reforma trabalhista, de acordo com o Sindicato dos Metalúrgicos do ABC. A entidade decidiu convocar a manifestação para esta terça em razão da votação da proposta de reforma no senado, que foi suspensa por volta das 12h. 
 
Segundo a entidade, participaram trabalhadores da Volkswagen, Ford, Mercedes-Benz e Scania, todas de São Bernardo do Campo (SP). Os metalúrgicos se dividiram e fizeram atos em três pontos da rodovia Anchieta, que liga São Paulo ao litoral.
 
“Estamos em luta. E ela não acaba com essa votação. Pode ser que precisemos estar aqui de volta amanhã, depois, ou a qualquer momento. Vamos nos manter atentos. É um recado também às empresas: se precisar parar vamos parar, mas não vai ter reforma que nos faça aceitar redução de direitos da classe trabalhadora”, afirmou Wagner Santana, presidente eleito do sindicato.

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

Na Paulista, manifestantes queimam boneco de Temer em frente a Fiesp

protesto_10_julho_midia_ninja_2.jpg
 
Foto: Mídia Ninja
 
Jornal GGN - Na noite desta segunda-feira (10), manifestantes protestaram contra a reforma trabalhista, e pediram a saída de Michel Temer e convocação de eleições diretas. Leia mais »
Média: 5 (1 voto)

Antonio Neto, presidente da CSB, se desfilia do PMDB

antonio_neto_csb.jpg
 
Foto: CSB
 
Jornal GGN - Antonio Neto, presidente da Central dos Sindicatos Brasileiros (CSB), anunciou sua desfiliação do PMDB e também a renúncia ao cargo de presidente do Núcleo Nacional do PMDB-Sindical. 
 
A CSB tem mais de 800 sindicatos filiados e tem participado, junto com outras centrais sindicais, dos protestos contra as reformas trabalhista e da Previdência, propostas pelo governo de Michel Temer. As medidas são um dos motivos pelo qual Neto decidiu deixar o partido do presidente. 
 
Em carta enviada a Romero Jucá, presidente da legenda, o sindicalista diz que não há como se manter filiado ao PMDB, que, “sob o comando de uma pequena cúpula, ignora os anseios e a vontade do povo; promove a destruição da Constituição de 1988; enxovalha a democracia duramente conquistada; desrespeita e desmoraliza os Poderes da República; rasga os direitos trabalhistas e sociais; avilta os direitos previdenciários e enterra os sonhos da construção de uma Nação mais justa e igualitária.”

Leia mais »

Arquivo

Média: 3.7 (10 votos)