Revista GGN

Assine

Humor

Wilson Ramos Filho: Baratas, baratas, baratas

Por Wilson Ramos Filho 

Um crítico contumaz das obsessões preservacionistas e das ONGs que se dedicam ao tema - só para provocar, assegura - mencionou que logo será criada uma Associação de Proteção às Baratas. Outro, mais mordaz ainda, disse que se alguma igreja assegurar ser vontade divina que os fiéis delas se alimentem, a tal entidade teria muito com que se ocupar, embora parte de seus dirigentes provavelmente aceitasse a prática em nome da "liberdade de culto". São uns exagerados.

Baratas infestaram o Planalto. Mais de quatrocentas fedem no Congresso, dezenas de baratas-tontas ocuparam - com o Golpe - a esplanada, e temos assistido frequentes barata-voa no Judiciário. Principalmente depois que um dos mais reputados canalhas libertou algumas, malbaratando a Instituição.

Leia mais »

Média: 5 (4 votos)

Próxima tatuagem é o rosto e a frase "Temer, o maior estadista do Brasil", diz deputado

Foto: Reprodução/Facebook

Jornal GGN - Após tatuar o nome do presidente da República no ombro, numa demonstração de "amizade leal", o deputado Wladimir Costa (SD-PA) já prometeu registrar o rosto e a frase "Temer, o maior estadista do Brasil" numa próxima tatuagem, que deve ser feita após a votação da denúncia contra o peemedebista na Câmara, por corrupção passiva. 

Leia mais »

Média: 1.8 (10 votos)

Do musical "A Primeira-Dama Rebelde"

FICHA TÉCNICA:
Roteiro e Direção: Marcelo Laham
Direção de Fotografia e Edição: Philip Silveira

ELENCO:
Crianças:
Chiara Scalett
Bia Dalmolin
Sofia Penna
Roberto Justino
Bruno Shiraishi Costa

Tia Marcela: Bruna Guerin
Loures: Alexandre da Costa Pereira

Arranjo Musical: Fabio Luchs e Tadeu Mallaman
Gravação e Mixagens: Flávio Pereira Leia mais »

Média: 4.8 (6 votos)

A Conferência de Vazei

por Jota A. Botelho

Os momentos decisivos de consumação do Golpe de Estado depois de ultrapassada as etapas de conspiração e realização, antes das etapas de estruturação e consolidação do Novo Regime, como todos os golpes ocorridos neste país. Quanto à sua derrocada, nem Deus sabe. 


___

Leia mais »

Média: 5 (5 votos)

Temer é vítima de uma armação de Janot, por Vinícius Miguel

do Debate Progressista

Vinícius Miguel: Temer é vítima de uma armação de Janot

Quem leu a denúncia da PGR contra Temer e Loures? Aquilo não tem a menor condição de prosperar!

Explico:

1. O espaçamento entre as linhas de todo o texto está 2,0 (deveria ser 1,5!). Evidente que Janot só queria “encher linguiça”;

2. As notas de rodapé não são precedidas pelo traçado horizontal para separação do texto;

3. Às fls. 10, existe uma citação longa sem formatação adequada;

4. Todas as citações curtas estão simultaneamente em itálico e entre aspas, quando só se aplica o último;

Leia mais »
Média: 4 (18 votos)

Mr. Catra e Dragon Ball viram tema de TCC em universidades públicas brasileiras

Há, ainda, quem desenvolveu dissertação de mestrado em cima da discussão de gênero e sexualidade do BBB 10

Temas de doutorado e mestrado de universidades públicas

Jornal GGN - No artigo a seguir, da Gazeta do Povo, são apresentados os temas de dez dissertações de mestrado e teses de doutorados produzidas por estudantes das universidades públicas brasileiras colocando em dúvida a validade de financiar todo o tipo de produção de conhecimento. Há quem se debruçou em análises sobre o mangá "Dragon Ball", o discurso do sertanejo universitário "Agora eu fiquei doce" e, ainda, na discussão de gênero e sexualidade no Big Brother Brasil 10.

 
 
Dissertações de mestrado e teses de doutorado de universidades públicas incluem estudos sobre funkeiro Mr. Catra e vlogueiro Felipe Neto 

O ambiente universitário, por definição, deve ser um espaço aberto à criatividade e à inovação. Toda forma de conhecimento é válida. Por outro lado, algumas teses desenvolvidas por alunos de mestrado e doutorado em universidades públicas brasileiras são difíceis de explicar ao contribuinte, que arca com todas as despesas. A opção por temas pouco ortodoxos, especialmente nos cursos de ciências humanas e sociais, talvez ajude a explicar por que o Brasil nunca recebeu um prêmio Nobel – ao contrário de Argentina, Chile, Colômbia, Venezuela, México, Costa Rica, Peru e Guatemala. 

Veja uma lista de dez dissertações de mestrado e teses de doutorado sobre temas pouco usuais, todas apresentadas em universidades públicas.

1) Fazer banheirão: as dinâmicas das interações homoeróticas na Estação da Lapa e adjacências.

Leia mais »
Média: 2.3 (12 votos)

Quadrilha do Planalto, por Leo Villanova

por Leo Villanova

Leia mais »

Média: 5 (10 votos)

Bugigangas de supermercado, por Ricardo Araújo Pereira

Enviado por Gilberto Cruvinel

Acumulação de pontos para reunir selos em cadernetas que dão acesso a bugigangas

 

Leia mais »

Média: 5 (3 votos)

A língua portuguesa é a mais bela do mundo, exceto pelo um tanto amorfo "amo-te", por Ricardo Araújo Pereira

Enviado por Gilberto Cruvinel

A língua portuguesa é a mais bela do mundo. Por exemplo, a palavra "devagarinho". Magnífica esta palavra. Os ingleses não tem "devagarinho", são bárbaros que não sabem o que é "devagarinho". "Little slowly" não dá, não existe, não funciona, não presta prá nada. A delicadeza contida na palavra "devagarinho" não tem paralelo em outras línguas e não me venham com "despacito". Isso não é nada, não se compara de maneira nenhuma.

Leia mais »

Média: 5 (3 votos)

A natureza é parva, por Ricardo Araújo Pereira

Sugestão de Gilberto Cruvinel

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

História de Portugal narrada por João Ricardo Pateiro, por Ricardo Araújo Pereira

Enviado por Gilberto Cruvinel

Leia mais »

Média: 5 (2 votos)

Lenín Moreno agradece congratulações por sua vitória... menos de Temer

 

Jornal GGN - Lenín Moreno foi o vitorioso nas eleições do Equador. Eleito, recebeu inúmeros cumprimentos pelo Twitter. E ele respondeu um a um a cada um dos governantes que se manifestaram. Todos? Nem todos, um deles ficou sem resposta. E quem ficou sem resposta foi Michel Temer. Veja nas imagens abaixo.

captura_de_tela_2017-04-10_16.18.22.png

Leia mais »

Média: 4.8 (19 votos)

Metendo a colher no caldeirão, por Sérgio Saraiva

Momento de humor na Oficina - que ninguém é de ferro. Pausa no trabalho para uma brincadeira com Luciano Huck e sua entrevista na Folha de São Paulo.

Metendo a colher no caldeirão
 
por Sérgio Saraiva

Invertendo a ordem, quais seriam as perguntas que esta Oficina faria a Luciano Huck, a partir de suas respostas dadas à Folha e aqui apresentadas fora do contexto – mas não muito.

Fale um pouco sobre a sua geração e classe social.

A minha geração tomou as rédeas do dia a dia. Você vê um ministro do Supremo, Alexandre de Moraes, que tem 48. O CEO da BRF, Pedro Faria tem 42. 

Falando seriamente, nossa geração chegou a um momento em que tem capacidade, saúde, força de trabalho, relevância, influência.

Faço parte desta geração.

Leia mais »
Média: 3.3 (11 votos)

Gajas e Pinga, por Ricardo Araújo Pereira

Enviado por Gilberto Cruvinel

"Os países do sul da Europa gastam dinheiro com bebida e mulheres e depois vem pedir ajuda."

Jeroen Dijsselbloem, presidente do Eurogroup

Gaja e Pinga

por Ricardo Araújo Pereira

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Espionagem de electrodomésticos: O MI-6 da Worten, por Ricardo Araújo Pereira

Enviado por Gilberto Cruvinel

Worten é o nome de uma loja popular de eltrodomésticos em Portugal.

Internet das coisas

Leia mais »

Média: 4.7 (7 votos)